Ata comparada copom

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 114 (28473 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 22 de noviembre de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
Data: 197 e 20/48/6/2011 Local: Sala de reuniões do 8º andar (19/47/6) e do 20º andar (20/48/6) do Edifício-Sede do Banco Central do Brasil – Brasília – DF Horário de início: 16h45 (19/416h15 (7/6) e 16h55 (20/416h50 (8/6) Horário de término: 19h10 (19/418h45 (7/6) e 20h00 (20/420h20 (8/6) Presentes: Membros do Copom Alexandre Antonio Tombini – Presidente Aldo Luiz Mendes Altamir Lopes Anthero deMoraes Meirelles Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo Luiz Awazu Pereira da Silva (presente somente no dia 20) Sidnei Corrêa Marques Chefes de Departamento (presentes no dia 197) Adriana Soares Sales – Departamento de Estudos e Pesquisas (também presente no dia 208) Daso Maranhão Coimbra – Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos João Henrique de Paula Freitas Simão –Departamento de Operações do Mercado Aberto Márcio Barreira de Ayrosa Moreira – Departamento de Operações das Reservas Internacionais Renato Jansson Rosek – Departamento de Relacionamento com Investidores e Estudos Especiais Tulio José Lenti Maciel – Departamento Econômico Wagner Thomaz de Aquino Guerra Júnior – Departamento de Assuntos Internacionais Demais participantes (presentes no dia 197) AlexandrePundek Rocha – Assessor da Diretoriado Gabinete do Presidente André Minella – Consultor do Departamento de Estudos e Pesquisas Eduardo José Araújo Lima – Chefe-Adjunto do Departamento de Estudos e Pesquisas Emanuel Di Stefano Bezerra Freire – Chefe de Gabinete da Diretoria Gustavo Paul Kurrle – Assessor de Imprensa Katherine Hennings – Chefe de Gabinete da Diretoria Nelson Ferreira Souza Sobrinho– Consultor do Departamento de Estudos e Pesquisas Os membros do Copom analisaram a evolução recente e as perspectivas para a economia brasileira e para a economia internacional, no contexto do regime de política monetária, cujo objetivo é atingir as metas fixadas pelo governo para a inflação.

Evolução recente da economia 1. A inflação medida pela variação mensal do Índice Nacional de Preços aoConsumidor Amplo (IPCA) situou-se em 0,7947% em marçomaio, depois de registrar alta de 0,8077% em fevereiroabril. Assim, a inflação acumulada nos últimos doze meses alcançou 6,55% em maio (6,51% em abril e 6,30% em março (6,01% em fevereiro e 5,99% em janeiro), 1,1333 ponto percentual (p.p.) acima da observada no acumulado em doze meses até marçomaio de 2010. O aumento da inflação nesse períodorefletiu, basicamente,reflete tanto o comportamento dos preços livres, que variaram 7,04%, enquanto os preços 6,80% (5,59% em doze meses até maio de 2010), quanto o dos preços administrados, que se elevaram em 5,96% (4,53% (4,6732% no mesmo período de 2010). Especificamente sobre os preços livres, cabe destacar que a variação dos preços dos bens comercializáveis alcançou 6,045,96%, e a dos nãocomercializáveis, 7,9353%. A inflação no setor de serviços continua em patamar elevado e, no acumulado em doze meses até marçomaio, atingiu 8,53%,54% – maior variaçãonível desde agosto de 1997. Em síntese, o conjunto de informações disponíveis sugere que a aceleraçãopersistência da alta de preços observada em 2010, processo liderado pelos preços livres, mostra persistência,que em parte porquese refleteno fato de a inflação dos serviços segueseguir em patamar muito elevado. 2. Nos primeiros trêscinco meses de 2011, o IPCA registrou alta de 2,443,71%, 0,3862 p.p. acima da inflação observada no mesmo período de 2010. Os principais itens que contribuíram para essa elevação foram educação, transporte e despesas pessoais, com variações de 7,23%, 3,6133%, 4,98% e 3,074,40%, respectivamente, ante5,3753%, 1,7071% e 1,963,40%, respectivamente, no primeiro trimestremesmo período de 2010. Esses itens foram responsáveis por 1,4988 p.p. da variação da inflação plena no período. Já a alta observada no grupo alimentação e bebidas, de 2,153,39%, ficou abaixo da inflação observada para esse grupo entre janeiro e marçomaio de 2010 (3,68%). A trajetória dos preços dos alimentos, entretanto, continua...
tracking img