Beleza

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 22 (5346 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 12 de mayo de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
Capítulo 1

REVISÃO

 Contraste entre Pretérito Perfeito e Imperfeito
 Pretérito Mais-que-Perfeito Simples e Composto
 Imperativo
 Presente do Subjuntivo
 Conectores e Expressões de Subjuntivo
 Pretérito Perfeito do Subjuntivo

 Desenferrujando a língua!

1. Leia o texto baixo e complete com o necessário:

Dona Custódia

1

5


10


15


2025


30


35


Ar de empregada ela não tinha: era uma velha mirrada, muito bem arranjadinha, mangas compridas, cabelos em bandó num vago ar de camafeu – e usava mesmo um, fechando-lhe o vestido ao pescoço. Mas via-se que era humilde- atendera ao anúncio publicado no jornal porque ____________ (satisfazer) às especificações, conforme ela mesma própria fez questãode dizer: sabia cozinhar, ____________ a casa e servir com eficiência a senhor só.
O senhor só fê-la entrar, meio ressabiado. Não era propriamente o que _______________ (esperar) mas tanto melhor: a velhinha podia muito bem dar conta do recado, por que não? E além do mais ____________ (impor) na casa certo ar de discrição e respeito, propício ao seu trabalho de escritor. Chamava-_____Custódia.
Dona Custódia foi logo botando ordem na casa: ___________ (varrer) a sala, ____________(arrumar) o quarto, limpou a cozinha, ___________(preparar) o jantar. Deslizava como uma sombra para lá, para cá - em pouco sobejavam provas de sua eficiência doméstica. Ao fim de alguns dias ele se acostumou a sua silenciosa iniciativa (fazia de vez em quando uns quitutes) e se deu porsatisfeito. Chegou mesmo a pensar em aumentar-______ o ordenado, sob a feliz impressão de que se tratava de uma empregada de categoria.
De tanta categoria que no dia do aniversário do pai, em que almoçaria fora, ele aproveitou-se para dispensar também o jantar, só para lhe proporcionar o dia inteiro de folga. Dona Custódia ficou muito satisfeitinha, _________ (dizer) que assim sendo iriapassar o dia com uns parentes lá no Rio Comprido.
Mas às quatro horas da tarde ele precisou dar um pulo no apartamento para ________ qualquer coisa que não vêm à história. A história se restringe à impressão estranha que _________ (ter) então, ao abrir a porta e entrar na sala: julgou mesmo ter errado de andar e invadido casa alheia. Porque aconteceu que deu de cara com os ______________(móvel) da sala dispostos de maneira diferente, ________ muito arranjadinho e limpo, mas cheio de enfeites mimosos: paninho de renda no consolo, toalha bordada na mesa, dois bibelôs sobre a cristaleira - e em lugar da gravura impressionista na parede, que se via? Um velho de bigodes o espiava para além do tempo, dentro da moldura oval. Nem _________ (poder) examinar direito tudo isso, porque,espalhadas pela sala, muito formalizadas e de chapéu, oito ou dez senhoras tomavam chá! Só então ________________ (reconhecer) entre elas dona Custódia, que antes proseava muito à vontade mas ao ____________(ver/ ele) se calou, estatelada. Estupefato, ele ficou calado sem saber o que fazer e já _______ (ir) dando o fora quando sua empregada se recompôs do susto e acorreu, pressurosa:
- Entre, nãofaça cerimônia! – ____________ (puxar /ele) pelo braço, voltando-se para as demais velhinhas: - Este é o moço que eu falava, a quem alugo um quarto.

2. Batendo-papo:

 Por que você acha que Dona Custódia fez isso?
 Como você teria reagido se estivesse no lugar do dono da casa?
 Imagine como continua a história.

3. Tente encontrar outra forma de dizer o mesmo, levando em conta ocontexto da crônica lida.

a) ...conforme ela mesma própria fez questão de dizer: sabia cozinhar... (linha 5)
____________________________________________________________

_______

b) ...em pouco sobejavam provas de sua eficiência doméstica... (linha 13)
____________________________________________________________

_______

c) ...fazia de vez em quando uns quitutes... (linha15)...
tracking img