Ciencias sociales

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 11 (2518 palabras )
  • Descarga(s) : 50
  • Publicado : 21 de octubre de 2009
Leer documento completo
Vista previa del texto
TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES

Mudança organizacional

É qualquer transformação de natureza estratégica, estrutural, cultural, tecnológica, humana ou de qualquer outro fator capaz de gerar impacto na organização. O processo de mudança pode ser uma ação voluntária da organização, onde os executivos antecipam condições e necessidades, ou apenas uma reação a um novo contexto ambiental, onde elesapenas reagem a uma mudança de condições. Sempre é um processo complexo e prolongado, hoje incorporado ao dia-dia das empresas, cada caso é um caso, por isso não há um modelo único para todas as empresas.

A raiz de qualquer mudança está na maneira como as pessoas vêem a si próprias, o mundo ao redor e como elas avaliam a efetividade de suas decisões e ações. O fato gerador de mudança é, portanto, apercepção de que formas tradicionais de pensar e agir já não produzem os resultados esperados.

As empresas passam por duas fases distintas em sua vida: uma fase de desenvolvimento, onde a empresa cresce e desenvolve-se. Esta etapa ocorre geralmente no segundo aço de vida da organização, onde a empresa tende a melhorar sua estrutura, organizando-se por meio de normas e procedimentos , paragarantir que o crescimento não leve a descontrole. A segunda fase é de mudanças, é onde a organização tem um estado de transformação obrigatória para adaptar-se ao ambiente e não sobreviver.

Nesta fase de Mudanças, as empresas têm de cinco tipos: a mudança voluntária, que ocorre quando a empresa está no topo do ciclo de vida; mudança operacional é quando a empresa vê que as coisas não estão indobem e requere um investimento em tecnologia ou lançamento de novos produtos; a mudança direcional onde a empresa percebe que suas estratégias já não funcionam, é hora de mudanças profundas geralmente acontecem fusões e aquisições; mudança essencial é a que dá resposta a mudanças ambientais drásticas, que tengam que ver com políticas do governo, levando a empresa impactos profundos; mudança total équando a empresa atinge uma situação limítrofe: é mudar ou morrer.
Principais práticas gerenciais Japonesas
1. Círculos de Controle de Qualidade (CCQs): Equipes espontâneas auto-gerenciadas, visando buscar soluções para problemas da área de trabalho.
2. Controle de Qualidade Total: Assegurar a qualidade do processo
3. Método “Rengi” de decisão: Busca do consenso da equipe, com ocomportamento individual.
4. “Just-in-Time”: Gestão de estoques, visando “puxar” a produção. 
5. Kanban: Programação e controle de produção pela própria equipe, através de cartões ou papéis coloridos. 
6. Kaizen: Filosofia para melhoria contínua 
7. Manufatura Flexível: Fabricação de produtos “customizados”, visando atender nichos específicos de mercado. 
8. Keiretzu: Integração entre pequenas e grandesindústrias, visando a especialização flexível.

Nas organizações existem técnicas de mudanças organizacionais suaves e continuas como Kaizen e a qualidade total; ambas técnicas estão centradas na atividade em grupo das pessoas e visam basicamente à qualidade dos produtos e serviços dentro de programas de longo prazo.

Os japoneses começaram copiando timidamente os produtos das empresasocidentais, logo depois empenharam-se em melhorá-los e, em seguida, se preocuparam em copiar os processos das empresas ocidentais para também melhorá-los. Fizeram uma verdadeira reengenharia de produtos para logo depois, se preocuparem com uma reengenharia de processos. Com isto evoluiriam de uma orientação voltada para o produto para uma orientação voltada para o mercado e com uma estruturaorganizacional orientada para o processo. O que foi o contrario nas empresas ocidentais, onde a orientação era voltada para o mercado a partir de uma estrutura organizacional orientada para o produto.

O estilo praticado pelo japoneses era distinto ao ocidental e o chamaram de Kaisen, eles praticavam a administração participativa, com forte ênfase no trabalho em grupos e equipes, a ampla participação das...
tracking img