Como todo comenzo

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 19 (4583 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Leer documento completo
Vista previa del texto
4

EDIÇÃO ESPECIAL - 50 ANOS DE FURNAS

Revista FURNAS - Ano XXXIII - nº 337 - Fevereiro 2007

começou
Arquivo FURNAS

COMO TUDO

ESFORÇO E DETERMINAÇÃO MARCAM A FORMAÇÃO DOS PIONEIROS DE FURNAS

a primeira década após a fundação de FURNAS, em 28 de fevereiro de 1957, o Brasil atravessou os chamados Anos Dourados, com o governo de Juscelino Kubitschek: a inauguração de Brasília, obicampeonato mundial de futebol, o lançamento da Bossa-Nova, do Tropicalismo, do Cinema Novo, enfim, um período de muito otimismo e forte desenvolvimento econômico, social e cultural. Em contraponto, esta época também registrou os episódios tristes da história política do país. Em meio a turbulências, inclusive com o acirra-

mento da Guerra Fria entre Estados Unidos e URSS, FURNAS se estruturavaa partir da formação de um quadro de engenheiros e técnicos, para construir a maior hidrelétrica da época, a Usina de Furnas (MG), capaz de suprir a crescente demanda de abastecimento de energia aos principais centros socioeconômicos. Dos pioneiros e abnegados daquela época, aos dias de hoje, FURNAS sempre investiu em seu quadro funcional e em atualização tecnológica, transformando-se em uma dasmaiores empresas do país, com reconhecimento internacional.

Revista FURNAS - Ano XXXIII - nº 337 - Fevereiro 2007

EDIÇÃO ESPECIAL - 50 ANOS DE FURNAS
FURNAS

5

Arquivo

Presidente Juscelino Kubitschek visita o canteiro de obras da Usina de Furnas (MG)

J.R. Nonato

6

EDIÇÃO ESPECIAL - 50 ANOS DE FURNAS

Revista FURNAS - Ano XXXIII - nº 337 - Fevereiro 2007

ano de 1956,quando Juscelino Kubitschek de Oliveira toma posse, em 31 de janeiro, como presidente do Brasil. Nesta época, o país era predominantemente rural, mais de 60% da população estava no campo e, aproximadamente, 30 milhões de pessoas dependiam da economia agrária. O Brasil comercializava poucos produtos como café, algodão e cacau, que representavam cerca de 80% de sua pauta de exportações, enquanto osmanufaturados contribuíam com menos de 5%. O ex-governador mineiro tinha para sua gestão federal o slogan 50 anos em cinco, e um Plano de Metas que estabelecia 31 objetivos a serem alcançados,
Vista panorâmica do município de São José da Barra (MG), que seria atingido pelas águas do reservatório da Usina de Furnas

P

ara

entender

a

história

de

planejamento, elaborado em 1953por um Grupo Misto, presidido pelo economista Celso Furtado e composto por especialistas da Comissão Econômica para a América Latina (Cepal) e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE).

FURNAS é preciso retroceder ao

Mais energia
Diversas missões de especialistas estrangeiros que nos visitaram nas décadas de 40 e 50 apontavam a reduzida oferta de energia como o principal obstáculo àexpansão econômica. Esta escassez ficou mais evidenciada quando, a partir de 1956, o setor industrial começou a responder positivamente ao Plano de Metas. A instalação pela Mercedes Benz de sua primeira fábrica de caminhões com motor nacional e a produção em Santa Bárbara d’Oeste (SP) do Romi-Isetta, o primeiro automóvel do Brasil, são exemplos deste período. A fim de suprir a energia que seriademandada, Juscelino Kubitschek buscou suporte no poder público para evitar que

priorizando os setores de energia, transportes, alimentação, indústria, educação e a construção de Brasília. O plano teve como base um estudo sobre a economia brasileira, com ênfase especial nas técnicas de

Arquivo FURNAS (DPI.E)

LINHA DO TEMPO 1957
• Fundação da Central Elétrica de Furnas S.A. • Tratado deRoma cria a Comunidade Econômica Européia • Brasil torna-se membro da Agência Internacional de Energia Atômica • Inauguração da rodovia Rio-Belo Horizonte • Criação da Rede Ferroviária Federal S/A • A União Soviética lança o satélite Sputnik I • Primeiro vôo do Boeing 707

1958
• Nikita Khrushchev se torna premier da União Soviética • O cardeal Roncalli é eleito papa e adota o nome de João XXIII...
tracking img