Dois mosteiros... um santuário

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 2 (353 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 1 de diciembre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
DOIS MOSTEIROS... UM SANTUÁRIO

O lançamento da primeira pedra do novo Mosteiro de Santa Clara, no Monte de Nossa Senhora da Esperança, no dia 3 de Julho de 1649, constituiu o início de uma novaetapa para as religiosas Clarissas de Coimbra. Com o restabelecimento da independência do Reino de Portugal, D. João IV, em 12 de Dezembro de 1640, revelara o seu desejo em erguer uma nova casamonástica longe das tumultuosas águas do Mondego, que durante séculos atormentara e prejudicara a comunidade.

Entretanto, em 29 de Outubro de 1677, a comunidade abandonava definitivamente o primitivoMosteiro de Santa Clara, que D. Isabel refundara em 1314, ao ser informada do encerramento do estabelecimento patrocinado por D. Mor Dias em 1286. Após a morte de D. Dinis, a Rainha Santa Isabel, mantendotodas as prerrogativas régias, viria a estabelecer residência nas proximidades do mosteiro, onde viria a organizar e conduzir muitas das suas obras de assistência caritativa e espiritual juntos dosmais necessitados.

O incessante compromisso político-devocional assumido pelos monarcas portugueses, na salvaguarda dos sagrados despojos da sua antepassada e no amparo às religiosas por elesresponsáveis, evidenciou-se, também, durante o reinado de D. Manuel I. De facto, onze anos antes da Rainha D. Isabel ser beatificada, em 1516, o Rei Venturoso conseguira a aprovação pontifícia paraproceder à transferência das religiosas, e respectivo túmulo da Santa Rainha, para um lugar mais protegido das contínuas inundações fluviais.

Entretanto, nos inícios de Oitocentos, apesar de instaladasnum local afastado das águas do Mondego, as freiras Clarissas não estariam a salvo das pilhagens impostas pela tropas franco-espanholas, que aí aboletaram durante as invasões, e não sobreviveriam aopérfido decreto-lei homologado em 1834, que determinaria a sua extinção.

Consciente da inevitável aniquilação da comunidade com o falecimento da última freira, a Confraria da Rainha Santa Isabel,...
tracking img