Don quijote, la locura y parodia de don quijote

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 11 (2703 palabras )
  • Descarga(s) : 1
  • Publicado : 8 de diciembre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
Parodia e loucura no Don Quijote De La Mancha

Apresentação da obra

1. O contexto histórico e social

1. Desenvolvimento:

2.1. A Parodia

2.1.1. A Parodia dos livros de cavalaria no Don Quijote

2.1.2. Importância dos livros da cavalaria ao autor
3.1. O conceito da Loucura
3.1.1. A Loucura de Quijote
3.1.2. A Loucura no Quijote
3. Conclusão

1.Apresentação da obra

Don Quijote, a primeira grande novela da literatura espanhola já tem cerca de 400 anos desde a sua primeira publicação sendo considerada uma obra-prima que inspirou incontáveis volumes de comentários e interpretações. Esta obra é dividida em duas partes: a primeira parte é publicada em 1605 com o titulo El ingenioso hidalgo don Quijote de la Mancha, enquanto a segunda parteé publicada em 1615, já com o novo titulo, El ingenioso caballero don Quijote de la Mancha. Curiosamente, depois da Bíblia, a novela é um dos livros mais traduzidos da literatura mundial (p. ex. traduzido em inglês em 1612 e em francês em 1614).

Alguns críticos vêem esta obra como um estudo da humanidade, outros vêem o conteúdo filosófico ou humano entre o idealismo e realidade. DonQuijote de La Mancha, foi escrito como um entretenimento para as pessoas e como o próprio autor escreveu no prologo [1], era uma parodia dos livros de cavalaria. É uma perfeita caricatura da literatura de cavalaria exemplificada nos seus dois principais personagens: Dom Quixote (um louco idealista/”quixote[2]”) e Sancho Pança (um ignorante materialista). O principal herói do livro, entrega-se à leiturados romances da cavalaria e perde o juízo ao acreditar na veracidade dos mesmos e decidindo tornar-se um cavaleiro andante.

1.1. Contexto histórico

Para perceber melhor o texto, temos que entender o contexto histórico da época. A Espanha dos últimos anos de vida de Miguel de Cervantes (1547-1616), estava em decadência. Era o fim do Século de Ouro, tempos de Carlos V (1550-1558) eFilipe II (1527-1598) que marcaram o império no qual o sol nunca se punha, em alusão às possessões de um extremo ao outro do mundo. [3]
A obra foi criada num período especialmente difícil para o autor, como a transição entre os reinados de Filipe II e Filipe III. O fim do século XVI e o início do século XVII foram marcados por duas bancarrotas da monarquia, que significaram uma grave criseeconómica espanhola, a qual, se reflectiu duramente sobre Cervantes, que viveu numa grande pobreza.
Os principais géneros de novela em Espanha no século XVI eram a novela de cavalaria e a novela pastoril. As constantes guerras que envolveram o grande sucesso das novelas de cavalaria estavam descritas na busca da honra, nas aventuras intermináveis em terras exóticas, na idealização de amorcortes, e no nascimento de heróis (uma das coisas que mais interessava a sociedade daquela época).

2.1. A Parodia

O termo paródia, de acordo com o dicionário da Academia Real, é a imitação burlesca. Como já lemos, Cervantes era um dos melhores parodistas da historia, o que significa, na minha opinião, que a ideia fundamental da sua obra era precisamente uma paródia.
Porque ecomo o autor decidiu escrever uma parodia?
O autor tentou a mostrar que os estes romances eram uma ilusão, não eram verdadeiros e só enganavam os leitores.

2.1.1. A Parodia dos livros de cavalaria no Don Quijote

No século XVI, a leitura, pela primeira vez na historia, tornou-se o entretenimento, graças a descoberta da impressa. Os livros de cavalaria foram escritos para mostrar acoragem, a nobreza, a honestidade, a capacidade de sacrifício por justiça ou por amor. Na magnifica criação de Cervantes o fidalgo percorre um mundo real, ou seja, entre pessoas reais e concretas. Don Quijote e Sancho são os dois humanos vivos, reais e concretos. E.C. Riley afirmou que .[4]
Como sabemos, o pobre fidalgo Alonso Quixano começa a ler os livros de cavalaria ficando obcecados pelos...
tracking img