El arbol

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 6 (1335 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 20 de junio de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
Este trabalho consiste na analise do conto El arból da escritora chilena Maria Luisa Bombal. Uma das precursoras da temática “de la mujer” e uma autora que possui uma escrita poética e sentimental. A maioria de seus contos tem prosa lírica e uma voz feminina e esse não seria diferente. O foco principal da análise será tratar de alguns dos pólos opostos apresentados pelo conto, como a relaçãohomem x mulher, real x irreal, interno x externo, e outros.
El arból conta a história de Brígida, filha de pai viúvo e a caçula de seis irmãs. Desde criança Brígida é considerada tonta e ignorante por não ter aprendido a clave de Fá nas lições de piano e por isso ter desistido das aulas. Seu pai é o que mais reforça essa idéia de ignorância, como vemos no trecho:

“İ A cualquiera le doy estacarga de um infeliz viudo com varias hijas que educar! İ Pobre Carmen! Seguramente habría sufrido por Brígida. Es retardada esta criatura.”

Aqui já temos uma visão importante, a relação patriarcal entre Brígida e seu pai, não se dá através do poder e imposição (como de costume), pelo contrário, o pai a deixa livre para fazer o que quiser, revelando uma total desatenção dele em relação à filha.“No voy a luchar más, es inútil. Déjenla. Si no quiere estudiar, que no estudie. Si le gusta pasarse en la cocina, oyendo cuentos de ánima, allá ella. Si le gustan las muñecas a los dieciséis años, que juegue.”

Outra característica importante da personagem é que em nenhum momento ela demonstra não gostar do tratamento que lhe é dado pelo pai e pelas irmãs. Brígida concorda com o pai e seconsidera tonta e ignorante, sendo assim ela acha normal que as pessoas não lhe dêem muita atenção ou que não queiram estar com ela.

“ İ Que agradable es ser ignorante! “

Quando isso acontece, da personagem ser ignorada e abandonada por todos, inclusive o pai, ela procura abrigo também em uma imagem masculina, Luís, amigo intimo de seu pai.

“Desde muy niña, cuando todos la abandonaban, corríahacia Luís.”

Os dois mantêm uma boa relação e por isso se casam, e anos depois Brígida descobre que esse não foi um ato de amor.

A relação dela com Luís deveria ser a de marido e mulher, porém Luís também representa uma figura de pai para Brígida. Ele é o homem forte e ativo, cheio de afazeres e ela a mulher passiva que exige sua atenção o tempo todo, como uma criança exige a atenção de umpai, como podemos observar no seguinte trecho:

“- Luis, nunca me has contado de qué color era exactamente tu pelo cuando era chico, y nunca me has contado tampoco lo que dijo tu madre cuando te empezaron a salir canas a los quince años. ¿Qué dijo? ¿Se rió? ¿Lloró? ¿Y tú estabas orgulloso o tênias verguenza? Y em colégio, us compañeros, ¿qué decian? Cuéntame Luis, cuentame...”

A curiosidadee a insistência de forma repetitiva na pergunta são características de uma personalidade infantil.
O conto se desenvolve em discurso indireto livre, o que nos dá um menor conhecimento da causa (história em geral), e um zoom em Brígida, a narradora, por isso pouco sabemos da personalidade de Luís. Seus traços apenas refletem na existência da protagonista, uma existência infantil. SegundoAuguste Comte “a mulher permanece em um estado infantil perpétuo, isso é utilizado como suporte moral e sentimental para o homem”.
Outro aspecto da personagem que também revela características infantis são as imagens que ela constrói com os compositores Mozart, Chopin e Beethoven, quase que partes de uma história de faz de conta. Esses compositores remetem a momentos da vida da personagem egeralmente momentos de transição, possuindo um papel importante na linha do tempo do conto. Eles são os principais responsáveis pela passagem de tempo, pelo crescimento da personagem. Mozart é a infância e a transição para a vida adulta, Beethoven, Luis e seu casamento e Chopin as chuvas de verão que são a distração de Brígida quando Luis está longe.
Essas imagens geram uma oposição realidade X...
tracking img