Energía eólica en uruguay

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 15 (3631 palabras )
  • Descarga(s) : 4
  • Publicado : 25 de mayo de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
ENERGIA EÓLICA NO URUGUAI
Geração em Grande Escala

25/11/2009
Miguel Angel Pereyra Miranda RA: 200923491

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
CAMPUS ILHA SOLTEIRA

FACULDADE DE ENGENHARIA
DEPTO. DE ENG. ELÉTRICA

CIENCIAS DO AMBIENTE

ENERGIA EÓLICA NO URUGUAI
Geração em grandeescala

Parque Eólico "Sierra de los Caracoles" - San Carlos, Maldonado, Uruguai

Introdução

Este trabalho procura explicar o desenvolvimento da energia eólica no Uruguai. Por que no Uruguai? Para fazer uma contribuição à disciplina a partir de outro ponto de vista. Por que eólica? Porque nos últimos anos no Uruguai, está sendo visto este tipo de energia como uma alternativa factível eviável para a diversificação da matriz energética.
O trabalho inclui uma apresentação da realidade atual da energia no mundo e como isso afeta o meio ambiente.

Energia e meio ambiente

Nos últimos anos, a questão energética tomou posição central na agenda ambiental global. Isso porque a atual matriz energética mundial depende ainda de 85% de combustíveis fósseis cuja queima contribui paraaumentar rapidamente a concentração de gases-estufa na atmosfera além de se estar tornando cada vez menos abundantes. Embora tenha se transformado rapidamente durante os últimos anos, o setor elétrico deverá ainda sofrer grandes mudanças no futuro, não só devido a demandas ambientais e modificações dos mercados, mas também devido a novas políticas que deverão redirecionar o desenvolvimento tecnológicodo setor.
O setor energético produz impactos ambientais em toda sua cadeia de desenvolvimento, desde a captura de recursos naturais básicos para seus processos de produção, até seus usos finais por diversos tipos de consumidores. De ponto de vista global, a energia tem participação significativa nos principais problemas ambientais da atualidade, alguns deles são: a poluição do ar urbano, a chuvaácida, o efeito estufa e as mudanças climáticas, o desflorestamento e a desertificação, a degradação marinha e costeira, o alagamento.
Desde a revolução industrial, o consumo global de energia foi multiplicado por 100, um fator de 10, devido ao crescimento populacional, outro fator de 10, devido ao aumento do consumo per capita. A energia disponível para o homem é um bem cada vez mais escasso:90% da energia consumida em todo o mundo vêm de fontes não-renováveis, as que se estão acabando, umas neste século, outras no próximo, só algumas além. O desenvolvimento tecnológico de fontes de energia renováveis é, portanto, capital.
Pela primeira vez, a atividade humana não só pode ter conseqüências negativas para o meio ambiente local (poluição de rios, águas subterrâneas, do solo, ouambientes atmosféricos), mas também pode ter impacto a nível mundial: os excessos de emissões de gases-estufa impactam simultaneamente sobre toda a Terra e, como se destacou recentemente, as conseqüências podem ser catastróficas. A maioria das emissões humanas de CO2 são feitas durante a produção e utilização de vários tipos de energia.

Energias renováveis

Podemos dividir a energia consumida em duasgrandes categorias: renováveis e não-renováveis. As energias não-renováveis podem ser divididas nas fósseis, principalmente o petróleo (36% da matriz energética mundial), carvão (26%) e gás natural (23%), contribuindo no total cerca de 85%, e a nuclear (a que consume urânio), que contribui para 6%.
Quanto às energias renováveis, é possível distingui-las nas naturais e as sustentáveis. Asprimeiras incluem as energias disponíveis diretamente na natureza, como a hídrica, eólica, solar, geotérmica e diversas formas de energia ligada ao mar. As sustentáveis incluem todas as energias baseadas em biomassa ou em resíduos industriais. A principal energia renovável é a madeira (entre 5 e 10% da matriz energética mundial), que é a única fonte de energia que podem alcançar bilhões de pessoas em...
tracking img