Festa juninas

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 5 (1055 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 24 de noviembre de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
Trabalho Prático de Portugues:
As Festas Juninas


PRIMEIRO PONTO

Bandeirinhas coloridas, roupas remendadas e muita, muita comida!
A tradição foi trazida para o Brasil com os portugueses. Antes de ser a festa dos santos católicos São João, Santo Antônio e São Pedro, era um culto pagão à chegada do solstício do verão europeu. Símbolos como o mastro, hoje ornado com três bandeirinhassimbolizando os santos homenageados. A fogueira, insipensável nas festas juninas, descende desta época.
Já enraizada em terras brasileiras, as festas juninas se adequaram a nossos costumes, adquirindo influência das culturas indígena e africana, instalando-se, sobretudo, na região nordeste. Ainda hoje existem famosas festas de São João no nordeste do país, como Campina Grande (PB) e Caruaru (PE),que disputam o título de maior festa junina do mundo. Por ter se popularizado principalmente nas regiões rurais, a festa acabou por tradicionalizar-se como caipira, com direito a muito forró, baião, chapéus de palha, quentão, camisas xadrez e vestido de chita. Os balões juninos também eram muito comuns, mas hoje são proibidos por lei, por causarem muitos acidentes.
As festas de junho sãoconhecidas e comemoradas em todo o país mas, além do agreste brasileiro, são bastante populares também em Goiás, Minas Gerais e São Paulo, onde são realizadas as famosas Quermesses, festas geralmente com vínculo religioso, com comidas, jogos e sorteios para atrair os visitantes.
Como esta época do ano é marcada pela colheita do milho, quitutes preparados com o cereal, como pamonha, curau, caldos,pipoca e canjica não podem faltar. Os quitutes variam de acordo com a região, mas mané pelado, paçoca, amendoim torrado, pé de moleque e o famoso quentão também são tradicionais nas festas.
A Quadrilha
Ela veio da França (as “quadrilles”) e foi modelada pelo jeitinho brasileiro. A famosa e divertida dança tão característica das festas de São João era originalmente composta por quatro pessoas. Hojeo número de participantes é ilimitado e o ritmo, que varia do forró às marchinhas e cantigas típicas de cada região, é muito mais animado! É comum também que um casal de noivos puxe a dança e, em muitas festas, um casamento caipira é simulado.
As crenças
Não são poucas as crendices populares em torno de assuntos religiosos, mas um dos santos homenageados durante as festas juninas é responsávelpor uma das simpatias mais curiosas. Todo ano, durante o mês de junho, o pobre Santo Antônio vê o mundo, literalmente, de cabeça para baixo.
Conhecido como santo casamenteiro, muitas mulheres que pretendem conseguir um casamento, colocam a imagem ou estatueta do santo de cabeça para baixo em poços, atrás da porta, embaixo da cama ou enterram-no até o pescoço, variando com a região do país. OSanto Antônio fica na desconfortável posição até que resolva o problema matrimonial das meninas.
Há muitos anos duas cidades do Nordeste brigam para promover a maior festa junina do Brasil: Caruaru (em Pernambuco) e Campina Grande (na Paraíba).

CARUARU
Suas festas são as mais tradicionais. Tanto que Caruaru, em Pernambuco, criou uma cidade cenográfica de mentirinha, chamada Vila do Forró,que é a réplica de uma cidade típica do sertão com casas coloridas, habitadas pela rainha do milho, pela rezadeira, pela rendeira, pela parteira personagens típicos dos lugares que comemoravam as primeiras Festas Juninas no Brasil. Ali há também correio, posto bancário, delegacia, igreja, restaurantes, teatro de mamulengo. Atores encenam nas ruas o cotidiano dos habitantes da região. O maior cuscuzdo mundo, segundo o Livro Guinness de Recordes, é feito lá, numa cuscuzeira que mede 3,3 metros de altura e 1,5 metro de diâmetro e comporta 700 quilos de massa. A principal atração é o desfile de carros alegóricos, como os de carnaval, na véspera do dia de São João.

CAMPINA GRANDE
Já Campina Grande construiu o Forródromo, onde milhões de pessoas comparecem todo ano para dançar os ritmos...
tracking img