Fichamento - semântica

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 4 (969 palabras )
  • Descarga(s) : 4
  • Publicado : 1 de junio de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
[pic]

Universidade Federal da Paraíba
Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes
Introdução aos Estudos Semânticos
Professor: Temístocles
Alunos: Ramon Brasileiro Guedes, Luana de Melo LucenaFichamento: “A Semântica”

Capítulo 1: A semântica de ontem e hoje – as camadas da história
I. A ou as semânticas?
Há três modos correntes entre os linguistas de se descrever asemântica: “A semântica é o estudo do sentido” (J. Lyons) – cujo defeito é não precisar o que se entende por sentido, fazendo com que o conceito deste seja suficientemente elástico para sair do campo dalinguística; “A semântica é o estudo do sentido das palavras” (P. Guiraud) – que peca por restringir o sentido àquele das palavras; e, finalmente, “A semântica é o estudo do sentido das palavras, dasfrases e dos enunciados” (P. Lerat) – que engloba todos os fenômenos de sentidos ligados à linguagem.
Uma vez que a semântica se encontra desprovida não apenas de um objeto de estudoespecífico, mas também de uma abordagem constante, torna-se inviável perseguir a idéia de uma semântica unificada.
II. Sobrevoo histórico
Há, novamente, três correntes teóricas presentes nosestudos semânticos:
A semântica histórica (período evolucionista) – não se tem um conceito de “sentido”, mas se pode estudá-lo aproximando a antiga noção de “mudança de sentido” ao novoentendimento científico de “evolução”. Método empírico-positivista. O interesse às sucessivas mudanças de sentido substitui aquele pela descoberta do étymon primitivo. As leis que regem a semântica sãosincrônicas, diacrônicas, ou mesmo pancrônicas, e aquela é ora vinculada às ciências naturais, ora às ciências históricas (ou sociais em geral). Como também engloba fatores extralingüísticos, a semânticahistórica não consegue controlar completamente seu campo de estudos.
História das palavras e estruturação do léxico (período misto) - coexistem o modelo evolucionista e o sincrônico (estrutura)....
tracking img