Historia de las artes vissuais 2

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 39 (9516 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 29 de abril de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
UNIVERSIDADE FEDERAL do RIO GRANDE do SUL (UFRGS)
INSTITUTO de ARTES (IA)
DEPARTAMENTO de ARTES VISUAIS (DAV)

HISTÓRIA das

ARTES VISUAIS II

(ART02-008)

2002/1

PROF. CÍRIO SIMON

PORTO ALEGRE - JUNHO de 2002

UFRGS - INSTITUTO DE ARTES - IA
DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS - DAV
HISTÓRIA das ARTES VISUAIS II (ART 02008)PERÍODO LETIVO: PRIMEIRO SEMESTRE de 2002
DISCIPLINA : HISTÓRIA das ARTES VISUIAS II (ART02008)
PRÉ-REQUISITO: HISTÓRIA das ARTES VISUAIS I (ART02004)
CARGA HORÁRIA: 04
CRÉDITOS: 04
HORÁRIO: 18 h 30 min - 22 h 30 min 6ª FEIRA
CURSOS: 290.01; 290.02; 290.03; 290.04;
290.05; 290.06; 290.07; 290.08SÚMULA, OBJETIVOS, METODOLOGIA e PROGRAMA

S Ú M U L A:
A Europa no século XVII e o Barroco. O Rococó .Repercussões no Novo Mundo. A Revolução Industrial. O século XIX e o Romantismo. Realismo. Simbolismo. Impressionismo.

O B J E T I V O GERAL;
“O único elemento, entre todos os“autênticos” pontos de vista essenciais que elas (as universidades) podem, legitimamente, oferecer aos seusestudantes, para ajudá-los em seu caminho pela vida afora, é o hábito de assumir o dever da integridade intelectual; isso acarreta necessariamente uma inexorável lucidez a respeito de si mesmos”.
WEBER, 1989: 70[1]

1- Objetivos da disciplina de História das Artes Visuais no curso:

Disciplina centrada na modernidade artística dacivilização ocidental; após o estudo do fenômeno artístico geral (Introdução à Arte), de sua gênese e evolução histórica (História das Artes Visuais I), esta disciplina visa criar um suporte e um instrumento de crítica para a ação cultural do artista visual, mediada pela compreensão da origem da arte do mundo contemporâneo ocidental.

2- Objetivos específicos da disciplina de História das Artes Visuais II:a) levar o discente a transcender as suas experiências intuitivas pessoais e individuais, para se inserir no contexto e condicionamentos da cultura e arte ocidental no plano das experiências artísticas;

b) criar e fixar referências históricas e críticas, como pré-requisito da aprendizagem das disciplinas de Teoria e Crítica;

c) criação de instrumentos conceituais,amparados na arte ocidental, para a prática cultural no meio da criação nas artes visuais;

d) estabelecer referenciais da ação crítica de saberes técnicos instrumentais[2]. para dar suporte a criação artística atual;

e) dar suportes críticos para a análise da produção artística Ocidental moderna em particular na sua interação orgânica existencial na cultura brasileira;

f)questionar a entropia cultural gerada pelo distanciamento dos centros hegemônicos e pela lei do mínimo esforço, e assim levar o discente a renovação do saber prático estético no contexto existencial do estudante de Artes Visuais;

g) fixar saberes universais e que possibilitem uma correta exposição das necessidades humanas no ambiente cultural e ecológico, no qual irá se desenvolver a criaçãoe sensibilidade humana.

M E T O D O L O GI A

1- Metodologia da entrega do ensino:

a) as atividades da disciplina são pautadas pelo estudo coletivo em turmas sistematizadas pelos órgãos competentes do Departamento de Artes Visuais, da política educativa traçada pela Comissão de Carreira do Departamento de Artes Visuais (COMCAR-DAV) e pelo esforço individual para acompanhar onível e excelência exigida pelo estudo no 3o grau;

b) a presença física do aluno é exigida ao longo de todo o semestre, com participações significativas no planejamento (projeto individual), execução, socializações periódicas resultados e avaliação dentro da turma de aula. Freqüência regimental: indispensável a freqüência integral em sala de aula: o estudo é público e coletivo....
tracking img