La amplitud potencial de la naturaleza humana

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 321 (80184 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 4 de diciembre de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
A Erva do Diabo
Carlos Castaneda


A ERVA DO DIABO
As experiências indígenas com plantas alucinógenas reveladas por Dom Juan

3ª EDIÇÃO

Tradução de LUZIA MACHADO DA COSTA

Título original norte-americano:
THE TEACHINGS OF DON JUAN

Direitos de publicação exclusiva em língua portuguesa adquiridos pela
DISTRIBUIDORA ReCORD DE SERVIÇOS DE IMPRENSA S.A.
Av. Erasmo Braga, 255 - 8.°andar - Rio de janeiro, que se reserva a propriedade literária desta tradução.

Impresso no Brasil
Para Dom Juan - e para as duas pessoas que partilharam comigo de seu sentido da mágica do tempo.

Índice

INTRODUÇÃO - 17
PARTE UM: OS ENSINAMENTOS - 29
PARTE DOIS: UMA ANÁLISE DE ESTRUTURA - 183
APÊNDICES - 230

Prefácio

Este livro é etnografia e alegoria.
Carlos Castaneda, sob aorientação de Dom Juan, nos conduz por aquele momento no crepúsculo, por aquela fresta no universo que há entre o claro e o escuro, para um mundo que não é apenas diferente do nosso, mas também de uma ordem de realidade inteiramente diferente. A fim de alcança-lo ele teve o auxilio de mescalito, yerba del diablo e humito - peiote, datara e cogumelos. Mas esta não é uma simples narrativa deexperiências alucinógenas, pois as sutis manipulações de Dom Juan conduzem o viajante enquanto suas interpretações dão significado aos fatos que nós, através do aprendiz de feiticeiro, temos a oportunidade de experimentar.

Os antropólogos nos ensinam que o mundo tem definições diversas em diversos lugares. Não é só que os povos tenham costumes diferentes: não é só que os povos acreditem em deusesdiferentes e esperem diferentes destinos após a morte. É, antes, que os mundos de povos diferentes têm formas diferentes. Os próprios pressupostos metafísicos variam: o espaço não se conforma com a geometria euclidiana, o tempo não constitui um fluxo contínuo de sentido único, as causas não se conformam com a lógica aristotélica, o homem não se diferencia do não-homem nem a vida da morte, como no nossomundo. Conhecemos alguma coisa da forma desses outros mundos pela lógica dos idiomas nativos e pelos mitos e cerimônias, conforme registrados pelos antropólogos. Dom Juan nos mostrou uns vislumbres do mundo de um feiticeiro yaqui, e como o vemos sob a influência de substâncias alucinógenas, nós os captamos com uma realidade totalmente diversa daquelas outras fontes. Nisso reside a principalvirtude desta obra.

Castaneda afirma, com razão, que este mundo, com todas as suas diferenças de percepção, tem sua lógica interna. Ele procurou explicar isso do interior, pode-se dizer - de dentro de suai experiências ricas e intensamente pessoais, quando sob a tutela de Dom Juan - em vez de examiná-lo nos termos de nossa lógica. O fato de ele não conseguir nisso um êxito total deve-se a umalimitação que nossa cultura e nossa língua impõem sobre a percepção, e não a sua limitação pessoal; no entanto, em seus esforços ele une para nós o mundo de um feiticeiro yaqui com o nosso, o mundo da realidade não ordinária com o mundo da realidade ordinária.

A importância primordial de entrar em mundos outros que não os nossos - e, pois, da própria antropologia - reside no fato de que essaexperiência nos leva a compreender que o nosso próprio mundo é também um complexo cultural. Experimentando outros mundos, vemos o nosso como ele é e assim podemos também ver de relance como deve de fato ser o mundo verdadeiro, aquele entre o nosso próprio complexo cultural e aqueles outros mundos. Daí a alegoria, bem como a etnografia. A sabedoria e a poesia de Dom Juan, e a habilidade e poesia de seuescriba, nos dão uma visão de nós e da realidade. Como em todas as boas alegorias, o que se vê está com o espectador, e não precisa de exegese aqui.
As entrevistas de Carlos Castaneda com Dom Juan tiveram início quando ele era estudante de antropologia na Universidade da Califórnia, em Los Angeles. Temos uma dívida para com ele por sua paciência, sua coragem e perspicácia ao procurar e...
tracking img