Livro antropologia da criança

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 13 (3015 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 2 de mayo de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
Introdução Livro Antropologia da Criança de Clarice Cohn
O que é a criança? O que é ser criança? Como vivem e pensam
as crianças? O que significa a infância? Quando ela acaba?
Perguntas nada simples de responder. Pelo contrário,
elas podem esconder uma armadilha. Afinal, as crianças
estão em toda parte, todos fomos crianças um dia, todos
temos, desejamos ou não desejamos ter crianças. Aliteratura
nos oferece textos de autores famosos que nos contam
sua infância, poetas românticos falam com nostalgia de seu
tempo de criança. É como se tudo já fosse sabido, como se
não houvesse espaço para dúvidas.
Mas não é bem assim. Mesmo se fôssemos recolher
todas essas informações sobre a infância e as crianças, veríamos
que um punhado de idéias diferentes se apresentam. A
criança podeser a tábula rasa a ser instruída e formada
moralmente, ou o lugar do paraíso perdido, quando somos
plenamente o que jamais seremos de novo. Ela pode ser a
inocência (e por isso a nostalgia de um tempo que já passou)
ou um demoniozinho a ser domesticado (quantas vezes não
ouvimos dizer que “as crianças são cruéis”?). Seja como for,
em todas essas idéias o que transparece é uma imagem em
7negativo da criança: quando falamos assim, estamos usando-
a como um contraponto para falar de outras coisas,
como a vida em sociedade ou as responsabilidades da idade
adulta. E, pior, com isso afirmamos uma cisão, uma grande
divisão entre o mundo adulto e o das crianças.
Portanto, se quisermos realmente responder àquelas
questões, precisamos nos desvencilhar das imagens preconcebidas
eabordar esse universo e essa realidade tentando
entender o que há neles, e não o que esperamos que nos ofereçam.
Precisamos nos fazer capazes de entender a criança e
seu mundo a partir do seu próprio ponto de vista. E é por
isso que uma antropologia da criança é importante. Ela não
é a única disciplina científica que elege esse objeto de estudo:
a psicologia, a psicanálise e a pedagogia têmlidado com essas
questões há muito tempo. Mas é aquela que, desde seu
nascimento, se dedica a entender o ponto de vista daqueles
sobre quem e com quem fala, seus objetos de estudo.
A antropologia se firma como um ramo do conhecimento
em fins do século XIX e começo do XX, como a
ciência social responsável pelo estudo de outras sociedades
e culturas. Ao longo do século, essa sua definição é cadavez
menos precisa, e antropólogos passam a se interessar (também)
pelo estudo de nossa própria sociedade. Sem deixar
de estudar outros modos de viver em sociedade, cada vez
mais se dedicam a fenômenos sociais que nos são próximos.
Hoje, portanto, uma antropologia da criança pode ser desde
aquela que analisa o que significa ser criança em outras
culturas e sociedades até aquela que fala dasque vivem em
um grande centro urbano. Se a antropologia ampliou assim
8 Clarice Cohn
seus horizontes de estudo, não deixou de se definir como
uma ciência social com certas particularidades.
Fazer antropologia é tentar entender um fenômeno em
seu contexto social e cultural. É tentar entendê-lo em seus
próprios termos. Desde cedo, os antropólogos têm insistido
na necessidade de abordar asculturas e as sociedades como
sistemas, o que significa dizer que qualquer evento, fenômeno
ou categoria simbólica e social a ser estudado deve ser
compreendido por seu valor no interior do sistema, no
contexto simbólico e social em que é gerado. Por isso, não
podemos falar de crianças de um povo indígena sem entender
como esse povo pensa o que é ser criança e sem entender
o lugar que elasocupam naquela sociedade — e o mesmo
vale para as crianças nas escolas de uma metrópole. E aí está
a grande contribuição que a antropologia pode dar aos
estudos das crianças: a de fornecer um modelo analítico que
permite entendê-las por si mesmas; a de permitir escapar
daquela imagem em negativo, pela qual falamos menos das
crianças e mais de outras coisas, como a corrupção do
homem pela...
tracking img