Motivação

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 22 (5446 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 4 de febrero de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
Índice

Citação de Séneca………………………………………………...……………….....pg. 2
Introdução………………………………………………..………………………………..pg. 3
O Significado de Motivação……………………………………………………………pg. 4
Como Funciona o Processo Motivacional?..........................................................pg. 6
Conceito de Motivação no Contexto Organizacional……………………..………pg. 8
O Salário é Fonte deMotivação?...........................................................................pg. 9
O Conceito de Satisfação no Trabalho……………………………………………..pg. 10
Da Motivação Para Inovação…………………………………………………………pg. 11
Teorias de Conteúdo
• Teoria da Hierarquia das Necessidades – Maslow………………………pg. 13
• Teoria Da Realização ou Teoria das Necessidades Adquiridas – McClelland……………………………………………………………………....pg. 15
• Teoria ERC (Existência,Relacionamento e Crescimento) – Alderfer…………………………………………………………………………..pg. 17
• Teoria Bifactorial – Herzberg…………………………………………….…..pg. 19
Teorias de Processo
• Teoria da Expectativa – Vroom………………………………………...……pg. 20
• Teoria da Equidade – Stacy Adams………………………………………...pg. 21
• Teoria do Reforço – Skinner……………………………………………...….pg. 22
O Modelo Insights Discovery………………………………………………………...pg. 24Conclusão……………………………………………………………………………..…pg. 30
Bibliografia…………………………………………………………...………………….pg. 31

“Merecem louvor os homens que em si mesmos encontraram o impulso, e subiram nos seus próprios ombros ”
(Séneca)

Introdução

Neste trabalho abordamos um tema um tanto quanto controverso, a Motivação. Desde meados da décadade 1920 têm se desenvolvido estudos, que por sua vez originaram teorias sobre a motivação. Essas teorias têm perspectivas diferentes, entretanto, possuem o mesmo objectivo – direccionar-nos para a satisfação das nossas necessidades.
Concentramo-nos em compreeender em que consiste a motivação, como funciona o processo motivacional, qual o conceito de satisfação no ambiente de trabalho e o quepostulam as teorias de conteúdo e de processo. Tratamos ainda de assuntos como a motivação para a inovação e a questão da remuneração ser considerada uma fonte de motivação.
Vamos mencionar o exemplo de um curso desenvolvido por uma empresa que tinha como objectivo conhecer as características pessoais dos seus funcionários, podendo assim criar perfis que determinam os traços característicos quesobressaíam no comportamento do indivíduo ‘pertencente’ a determinado grupo. Este método permite que se tenha um melhor conhecimento sobre a personalidade do indivíduo, permitindo assim conciliá-la com o ambiente de trabalho ao qual se adapta melhor.

O Significado de Motivação

Motivação – do Latim movere, mover – é designada em psicologia, em etologia e em outras ciências humanas a condição doorganismo que influencia a direcção (orientação para um objectivo) do comportamento. Em outras palavras, é a energia interna que impulsiona o sentimento de vontade, somando forças para a realização de acções. Partindo dessa afirmação, a principal questão da psicologia da motivação é: “por que o indivíduo se comporta da maneira como ele o faz?”.
“O estudo da motivação comporta a busca deprincípios gerais que nos auxiliem a compreender, por que seres humanos e animais em determinadas situações específicas escolhem, iniciam e mantêm determinadas condutas.”
No início do século XX, Sigmund Freud juntamente com o britânico McDougall (1871-1938), um cientista do comportamento, iniciaram os estudos sobre a motivação. Denominavam «instintos» os motivos e definia-os como forças irracionais,compulsórias, herdadas, que dão forma, virtualmente, a tudo o que as pessoas fazem, sentem e dizem. Posteriormente, os psicólogos desta matéria abandonaram o termo «instinto» porque essa terminologia pouco servia para compreender verdadeiramente o comportamento e substituíram-na pelos termos: Motivo, Necessidade e Impulso.
Contudo, estes processos que parecem explicar o comportamento, não são...
tracking img