“Outra” comunicação cientifica é possível: além do mercado, o papel da sociedade civil e da comunidade cientifica

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 35 (8639 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 8 de diciembre de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
“Outra” Comunicação Cientifica é possível: além do mercado, o papel da sociedade civil e da comunidade cientifica

INTRODUÇÃO

O objetivo deste trabalho é apresentar uma reflexão sobre a emergência de um novo paradigma na Comunicação Científica (Open Acess ou acesso livre), no contexto da chamada Sociedade da Informação, que modificou o ciclo de produção/ recuperação/acesso/difusão doconhecimento científico. Este “novo” processo causado principalmente pelos novos usos das TICs por setores acadêmicos, científicos, educativos e inclusive da sociedade civil provocaram o surgimento de um novo movimento social, por alguns autores denominado de movimento informacional, onde diversos atores da Comunicação Científica passaram a ter um papel mais protagónico no processo de criaçãocientifica.Assim se procura principalmente conhecer os antecedentes deste movimento no mundo e principalmente na América Latina(Cúpulas Mundiais da Sociedade da Informação (CMSI), o Movimento pela cultura livre ou software livre, etc.); a situação atual do acesso livre na América Latina, respeito às iniciativas existentes e o seu nível de desenvolvimento ; as principais vias de difusão do Open Acces(via dourada: revista eletrônicas de acesso aberto e via verde: repositórios institucionais), as dificuldades, benefícios e desafios enfrentados; como os pesquisadores ou autores se foram posicionando ao respeito, as iniciativas das principais agencias intermediarias(Universidades, Bibliotecas, Centros de pesquisa, Editoriais, etc.) e o papel que tiveram os principais atores neste novo ciclo dacomunicação cientifica.

Desta forma se apresentam os seguintes capítulos: o papel da Comunicação, Educação e Desenvolvimento na concretização de um discurso de liberdade do saber científico; o impacto das TICs na educação superior, na reorganização dos processos ensino/aprendizado, para logo dar a conhecer os principais fatos ou acontecimentos que foram consolidando o movimento de acesso livreao conhecimento na América Latina e no Brasil; os avanços, desafios e dificuldades enfrentadas, principalmente pelos autores e bibliotecários, dentre outros.

1. Comunicação, Educação e Desenvolvimento.

A comunicação, educação e o desenvolvimento são três paradigmas chaves para a concretização de um discurso de liberdade do saber cientifico. (CABALLERO, 2007) Contudo para atingir auniversalização do conhecimento através da comunicação devem existir basicamente algumas condições: os próprios canais ou meios de comunicação devem ser públicos, tirando a lógica de mercadoria por uma lógica de serviço público de interesse público. Na prática isso se faz através de políticas públicas, que por sua vez, não podem ser nacionais, mas sim supranacionais a exemplo do MERCOSUL e a UniãoEuropéia. Ademais deve ser feito um projeto de regulação transnacional, sem esquecer as especificidades locais, pois cada região tem que se voltar para sua tradição, seu modelo de desenvolvimento e necessidades sociais. (CABALLERO, 2007, p.1.)

Além do anterior duas problemáticas devem ser resolvidas no âmbito educativo em face à introdução de novos sistemas de informação e de comunicação. A primeira serefere à adaptação em nível de inovação tecnológica por parte da educação, pois pelo geral o sistema educativo não possui os recursos para cobrir essas inovações, e o segundo que os sistemas formais de ensino de educação superior terão que reformular seu modelo de ensino, seu modelo institucional “é preciso se reorganizar porque as TICs causam mudanças das relações sociais, da relaçãoprofessor-aluno, da relação pesquisador e comunidade” (CABALLERO, 2007, p.1). Desta forma políticas de inclusão digital vão ter que ser implementadas, dotando às unidades de pesquisa e de ensino superior, de outros tipos de recursos tecnológicos, pois pelo geral estas carecem dos níveis mínimos para seu funcionamento. Assim vai ser preciso uma mudanca no ensino-aprendizado, pois as TICs principalmente...
tracking img