Paseo publico de curitiba

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 4 (904 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 6 de marzo de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
PASSEIO PÚBLICO CURITIBA

FICHA TÉCNICA

- Área : 69.285 m2
- Localização : Rua Carlos Cavalcanti X Av. João Gualberto X Rua Presidente Faria
- Bairro : Centro
- Criado por: AlfredoD´Estragnolle Taunay (quando presidente da Província do Paraná)
- Ano de implantação: 1886
- Acesso : gratuito

Fauna: Sabiá, tico-tico e canário-da-terra, coleirinha, chupim, pica-pau, sanhaço, pombo,joão-de-barro e garça branca.

Flora: Árvores nativas e exóticas como o carvalho, o cipreste, a paineira, o jacarandá, o plátano, o ipê-amarelo, a canela e o eucalipto.

Equipamentos: Restaurante,play-ground, aquário, terráreo, sanitários, rinque de patinação, ponte pênsil, casa da guarda, pedalinhos, pista para caminhadas, ciclovia, bicicletário.

É o mais antigo parque municipal de Curitiba.Nasceu da drenagem de um terreno pantanoso. Passou por várias transformações ao longo do tempo, tendo sido conhecido como Jardim Botânico.
A partir de sua inauguração, o Passeio se tornou o maistradicional ponto de encontro dos curitibanos, cumprindo integralmente a sua finalidade. Em 2 de julho de 1887 ali foram inaugurados 8 lampiões a gasolina, mais tarde aumentados para 17, doados pelocomércio e a indústria da cidade. A 19 de dezembro de 1887, ali brilhou pela primeira vez na noite curitibana a lâmpada incandescente de luz elétrica, em concorrida demonstração realizada pelo alemão Schewingque, auxiliado pelo engenheiro Lazzarinni, um dos construtores da Catedral, instalou um gerador para informar a Província do mais novo prodígio da ciência moderna.
O Passeio Público, primeirozoológico da cidade, foi palco de fatos marcantes na vida cultural e no folclore curitibanos. Em 1909, foi dali que alçou vôo num balão a intrépida Maria Alda, para aterrizar desastradamente no telhado daCatedral Metropolitana, na Praça Tiradentes. Em 1911, na ilha desde então chamada da Ilusão, o simbolista Emiliano Perneta foi coroado "Príncipe dos Poetas Paranaenses".
Os portões do Passeio são...
tracking img