Quem me roubou de mim

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 127 (31701 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 1 de noviembre de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
QUEM ME ROUBOU DE MIM?
O seqüestro da subjetividade e o desafio de ser pessoa.

Padre Fábio de Melo

http://groups.google.com.br/group/digitalsource

Esta obra foi revisada pelo grupo Digital Source para proporcionar, de maneira totalmente gratuita, o benefício de sua leitura àqueles que não podem comprá-la ou àqueles que necessitam de meios eletrônicos para ler. Dessa forma, a vendadeste e-book ou até mesmo a sua troca por qualquer contraprestação é totalmente condenável em qualquer circunstância. A generosidade e a humildade é a marca da distribuição, portanto distribua este livro livremente. Após sua leitura considere seriamente a possibilidade de adquirir o original, pois assim você estará incentivando o autor e a publicação de novas obras.

EDITORA CANÇÃO NOVA Apresentação, 5 UMA HISTÓRIA PARA COMEÇAR, 7 O SEQÜESTRO DO CORPO: A TRAMA DO ESQUECIMENTO DOS SIGNIFICADOS, 8 A CONDIÇÃO DE VÍTIMA, 12 O PREÇO DO RESGATE E SEU VALOR SIMBÓLICO, 13 DEPOIS DO CATIVEIRO, O APRENDIZADO, 15 A SUBJETIVIDADE E SUAS IMPLICAÇÕES, 18 O SEQÜESTRO DA SUBJETIVIDADE, 20 SEQÜESTRADOS E SEQÜESTRADORES, 22 O MUNDO E SEUS CATIVEIROS, 25 DOIS CASOS DE SEQÜESTRO, 30 O ENCANTO DE SER PESSOA,33 RELAÇÕES QUE SEQÜESTRAM, 38 VIOLÊNCIAS DECLARADAS E VIOLÊNCIAS VELADAS, 40 DUAS HISTÓRIAS PARA AJUDAR A ENTENDER, 43 LIBERDADE: DO SIGNIFICADO À REALIDADE, 45 EXERCITANDO LIBERDADES: LIBERDADE FUNDAMENTAL E LIBERDADE ELETIVA, 47 ENTRE O DESEJO E O PRAZER, 49

A VIDA SOB O FOCO DO DESEJO, 55 A VIDA SOB O FOCO DO PRAZER, 57 O MITO E SUAS SUGESTÕES, 60 O MITO DO AMOR ROMÂNTICO, 63 AMORPERFEITO? SÓ NOS JARDINS, 67 SUPERANDO AS IDEALIZAÇÕES, 71 O EQUÍVOCO DO AMOR, 74 CONSTRUINDO RELAÇÕES SIMBÓLICAS, 78 JESUS E SEU OLHAR SIMBÓLICO, 81 ABRINDO OS CATIVEIROS QUE EXISTEM EM NÓS,

APRESENTAÇÃO

Este livro não é um ensaio teológico. Também não é um tratado de antropologia especializada. É apenas a satisfação de um desejo simples, menor. Desejo de abrir portas, romper cativeiros, acenderIuzes, propor liberdade. Desejo de expor o assombro que tenho experimentado ao ver as dores do mundo, os calvários da humanidade. As dores são muitas. Então quis eleger uma delas: o seqüestro da subjetividade. Um roubo silencioso que nos leva de nós: acontecimento comum, mas não noticiado, que fragiliza e impossibilita o humano de viver a realização para a qual foi feito. A vida humana é umaconstante experiência de travessia. Estamos em êxodos contínuos, em processos de deslocamentos intermináveis, porque, enquanto estivermos vivos, seremos convidados para o movimento que nos proporciona a superação de estágios, condições e atitudes. O ser humano se encontra cm constante evolução. Nunca estará completo. A morte nos surpreenderá e ainda estaremos em processo de feitura. Um destes processosé a travessia: "da condição de indivíduos à condição de pessoas". É simples. Nascemos indivíduos, mas a condição de pessoa é um lugar a ser alcançado. Precisamos, pela força do aperfeiçoamento, chegar aos dois pilares sobre os quais o conceito de pessoa se estabelece. Ser pessoa consiste em "dispor de si e dispor-se aos outros". O seqüestro da subjetividade é um acontecimento que atentadiretamente contra o primeiro aspecto deste processo: "a disposição de si". Toda relação que priva o ser humano de sua disposição de si, de sua pertença, ou seja, a capacidade de administrar a própria vida, alguma fôrma caracteriza-se como "seqüestro da subjetividade"! A palavra "seqüestro" já é absolutamente familiar a todos nós. Habitualmente acompanhamos pelos noticiários casos de pessoas que sãoseparadas de suas famílias e mantidas em cativeiros. E o seqüestro do corpo. Estabelecida à ruptura, começa a negociação entre familiares e seqüestradores, O desfecho desta modalidade de violência dependerá do resultado da negociação. O seqüestro do corpo é uma fôrma de roubo. Alguém foi materialmente levado de seu meio. O livro partirá desta forma de seqüestro. Sempre que uma pessoa é retirada de seu...
tracking img