Revolucion en samuel ramos

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 12 (2795 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 1 de enero de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
O PERFIL DO HOMEM E DA REVOLUÇÃO NO MÉXICO:
Uma breve reflexão sobre a análise de Samuel Ramos

Resumo: Neste paper analiso alguns temas trabalhados por Samuel Ramos em seu livro mais famoso: El perfil del hombre y la cultura en México. Publicada no significativo ano de 1934, tal obra apresenta a visão crítica e esperançosa de uma mente brilhante, que viveu durante a Revolução Mexicana ededicou-se a refletir sobre a existência, a história e o destino do cidadão do México do início do século XX.

Palavras-chaves: História do México, século XX, história e política, historiografia, ensaio filosófico, intelectual latino-americano.

Abstract: In this paper I analyse some themes worked by Samuel Ramos in his most famous book: El perfil del hombre y la cultura en México. Published in thesignificant year of 1934, this work presents the critical and hopeful view of a brilliant mind who lived during the Mexican Revolution and devoted his life to interpret the Mexican citizens´ existence, history and destiny at the beginning of the twentieth century.

Key-words: Mexican History, twentieth century, history and politics, historiography, phylosofical analysis, latin-americanintellectual.   

No centenário da Revolução Mexicana cabe refletir sobre os sentidos atribuídos para este que é sem sombra de dúvidas um dos eventos históricos mais interessantes do século XX. Tenho especificamente me preocupado com a análise formulada por Samuel Ramos, um dos mais respeitáveis intelectuais mexicanos, ainda que quase totalmente desconhecido no Brasil.
Samuel Ramos iniciou suaformação intelectual com José Torres Orrozco, um tutor “científico”, positivista, porfirista, mas foi também aluno de Antonio Caso, representante do Ateneo de la Juventud, grupo de intelectuais de produção tipicamente anti-ditatorial e humanista. Ele foi amigo íntimo dos principais expoentes da vanguarda literária mexicana – os editores da revista Los conteporáneos –, e certamente inspirou OctavioPaz, quando esse escreveu El labirinto de la soledad.
A obra mais célebre de Samuel Ramos tem o título El perfil del hombre y la cultura en México, e foi publicada por completo em 1934, ano em que Lázaro Cárdenas chegou à presidência, e ano no qual se iniciou um período de maior calmaria social e estabilidade política, após duas décadas de desordenadas e violentas manifestaçõesanti-porfiristas, anti-reeleicionistas, anti-elitistas, anti-tradicionalistas e nacionalistas – as quais caracterizam o que se convém chamas “Revolução Mexicana”.
É bom lembrar que há algum tempo Ramos vinha publicando trechos de El perfil em revistas e jornais, o que implica no fato de que as idéias propostas no dito livro foram sendo moldadas e aprimoradas, pouco a pouco, ao longo da experiênciarevolucionária. O objetivo deste autor era avaliar como o modo de ser e pensar do mexicano veio sendo construído ao longo dos séculos, desde a colonização espanhola até aqueles primeiros anos dos novecentos. Era entender os erros e acertos da sua geração, numa perspectiva histórica e psicologizante.
El perfil apresenta, assim, um mix de fatos e dados passados, referências a biografias de algunslíderes cultuados no México, teoria junguiana e adleriana, e percepções do próprio autor, as quais ele afirma ter adquirido despretensiosamente e naturalmente ao longo da vida; as quais ele afirma que todo e qualquer mexicano há de compartilhar, sobre o México. Ele nota que seus críticos podem argumentar que sua análise em alguns pontos não é suficientemente impessoal; se defende pontuando que suavisão individual, por ser pautada em suas experiências cotidianas e com a coletividade, há de ser compartilhada por todo mexicano de bom senso. Escreve: “Si el lector se interesa honradamente en la cuestion y acoge estas ideas de buena voluntad, encontrará en sus propias observaciones los datos para comprobarlas” (RAMOS, 118).
Ramos desenha um modelo “típico” de como seria, em geral, o...
tracking img