Servicio publico

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 10 (2312 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 8 de marzo de 2012
Leer documento completo
Vista previa del texto
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
CENTRO TECNOLÓGICO
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL
 
 
"PATOLOGIAS DAS ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO COM ÊNFASE A EXECUÇÃO"
 
 
JEFFERSON MAIA LIMA
JOSÉ RAIMUNDO SERRA PACHA
 
 
Belém
Outubro – 2000
 
 
 
 1 - INTRODUÇÃO
 
Os problemas patológicos, salvo raras exceções, apresentam manifestação externa característica, a partir daqual se pode deduzir qual a natureza, a origem e os mecanismos dos fenômenos envolvidos, assim como pode-se estimar suas prováveis conseqüências.
Os problemas patológicos só se manifestam após o início da execução propriamente dita, a última etapa da fase de produção. Em relação a recuperação dos problemas patológicos, HELENE (1992) afirma que "as correções serão mais duráveis, mais efetiva, maisfáceis de executar e muito mais baratas quanto mais cedo forem executadas". (p. 23)
A demonstração mais expressiva dessa afirmação é a chamada "lei de Sitter" que mostra os custos crescendo segundo uma progressão geométrica. Dividindo as etapas construtivas e de uso em quatro períodos correspondentes ao projeto, à execução propriamente dita, à manutenção preventiva efetuada antes dos primeirostrês anos e à manutenção corretiva efetuada após surgimento dos problemas, a cada uma corresponderá um custo que segue uma progressão geométrica de razão cinco, conforme indicado na figura 1.

Fig. 1 - Lei de evolução de custos (SITTER, apud HELENE 1992).
Toda medida extraprojeto, tomada durante a execução, incluindo nesse período a obra recém-construída, implica num custo 5 (cinco) vezessuperior ao custo que teria sido acarretado se esta medida tivesse sido tomada a nível de projeto, para obter-se o mesmo "grau" de proteção e durabilidade da estrutura. Um exemplo típico é a decisão em obra de reduzir a relação a/c do concreto para aumentar a sua durabilidade e proteção à armadura. A mesma medida tomada durante o projeto permitiria o redimensionamento automático da estruturaconsiderando um concreto de resistência à compressão mais elevada, de menor módulo de deformação, de menor deformação lenta e de maiores resistências à baixa idade. Essas novas características do concreto acarretariam a redução das dimensões dos componentes estruturais, economia de fôrmas, redução de taxa de armadura, redução de volumes e peso próprio, etc. Essa medida tomada a nível de obra, apesar deeficaz e oportuna do ponto de vista da durabilidade, não mais pode propiciar alteração para melhoria dos componentes estruturais que já foram definidos anteriormente no projeto.
Segundo SITTER apud HELENE (ibid. p. 25), colaborador do CEB — Comité Euro – internacional du Béton — formulador dessa lei de custos amplamente citada em bibliografias específicas da área, adiar uma intervenção significaaumentar os custos diretos em progressão geométrica de razão 5 (cinco), o que torna ainda mais atual o conhecido ditado popular "não deixes para amanhã o que podes fazer hoje", por cinco vezes menos.
CÁNOVAS (1988) diz que:
"a patologia na execução pode ser conseqüência da patologia de projeto, havendo uma estreita relação entre elas; isso não quer dizer que a patologia de projeto sendo nula, a deexecução também o será. Nem sempre com projetos de qualidade desaparecerão os erros de execução. Estes sempre existirão, embora seja verdade que podem ser reduzidos ao mínimo caso a execução seja realizada seguindo um bom projeto e com uma fiscalização intensa". (p. 111)
 
Como se nota, o processo de execução é muito importante quando se trata de prevenção de patologias no concreto armado.
Nestetrabalho será apresentado apenas as manifestações patológicas referentes à execução, pois, como revela os quadros a seguir, as maiores incidências de danos são atribuídos a etapa de execução, tanto no Estado do Pará, na Amazônia, como no Brasil em geral.
Origem dos Danos | Amapá | Amazonas | Maranhão | Pará | Rondônia | Roraima | Amazônia |
| % | % | % | % | % | % | % |
Planej/projeto |...
tracking img