Sustentabilidad

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 2 (282 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 13 de diciembre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
Na guerra pelo progresso, o homem não mede esforços e as consequências dos seus atos. O importante é avançar. Numa batalha desigual, destrói insanamente os recursos naturais,essenciais a sobrevivência. A resposta da natureza pode até demorar, mas não falha. Às vezes, é mediata, intrigante ou mesmo desafiadora, Só precisamos interpretá-la.
Num atosilencioso e inusitado, ela respondeu aos afiados machados e às violentas motosserras, maiores formas do desrespeito destruidor. Insistiu e exigiu seu espaço para expor a beleza desuas flores e a generosa sombra da sua copada, numa grande demonstração de energia e desejo de viver.
Derrubado e transformado em poste para suporte dos fios da rede elétrica, oIpê amarelo não se entregou. Com uma reação estupenda, recuperou sua pompa e reinado de árvore símbolo nacional. Rebelou-se à condenação injusta, criou suas raízes no solo evoltou a reinar absoluto, esbanjando alegria e beleza com sua identidade marcante.
Reconsiderando o seu ato, o homem decidiu transferir a rede elétrica a um poste de concretoinstalado ao lado. Agora o Ipê reina livre dos fios.
Este Ipê, que pode ser honrado com i (I) maiúsculo, é uma atração pública em Porto Velho, capital de Rondônia, distante 3.500quilômetros de Porto Alegre.
Doce privilégio dos moradores do bairro, o exemplo do fotógrafo amador Leandro Barcelos, gaúcho de Passo Fundo que reside em Porto Velho e nos cede àimagem para saboreio dos eletricitários gaúchos.
Com forte herança dos povos latinos, durante algumas décadas, Rondônia exerceu forte poder de atração sobre sulistas enordestinos para exploração mineral, extrativismo e agricultura, desenvolvendo uma nova cultura miscigenada.

Não aceitando a imposição do homem, o Ipê fincou pé e readquiriu vida.
tracking img