Uma primeira reflexão sobre os paradigmas da pós-modernidade e a pesquisa em educação

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 19 (4686 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 1 de febrero de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
UMA PRIMEIRA REFLEXÃO SOBRE OS PARADIGMAS DA PÓS-MODERNIDADE E A PESQUISA EM EDUCAÇÃO

André Ferreira[1]

RESUMO
Nosso objetivo aqui é relacionar alguns elementos do discurso pós-moderno, seja na filosofia, seja na ciência, com o sentido e as perspectivas que está se dando a determinados segmentos da pesquisa em educação. A filosofia abandona os discursos e narrativas fundadas em princípiosmetafísicos. A ciência busca resgatar seu caráter emancipatório. A pesquisa em educação volta-se para a cotidianidade, abandona o método analítico-matemático e procura incorporar uma nova noção de sujeito e o método hermenêutico.

Palavra-chave
Pós-moderno – pesquisa – hermenêutica – educação

O ambiente cultural contemporâneo vem atravessando uma profunda mudança de paradigmas. Maisdo que um mero modismo de fim de século e milênio, temos a ocorrência de uma mudança radical nos princípios norteadores da visão de mundo própria do ocidente, mudança essa que vem se desenhando desde o pós-guerra e que agora, entrando no terceiro milênio, assume ares de fato consumado.
É deste contexto que surge o dito “pós-modernismo”. O termo “pós-moderno” surge primeiramente noscírculos de debates estéticos. Vários textos mencionam o discurso pós-moderno como um fenômeno exclusivo das sociedades tipicamente industriais. Segundo Jameson, um dos principais defensores desta perspectiva, qualquer análise sobre o pós-modernismo na cultura está necessariamente vinculada a uma tomada de posição política a respeito do capitalismo contemporâneo[2]. O autor reconhece que não se deveentender o pós-modernismo como um “estilo”, mas “como uma dominante cultural”, ou seja, uma visão de mundo que permite a presença e a coexistência de várias características que, apesar de interligadas, têm cada uma sua própria identidade[3].
Nas artes, o pós-modernismo apareceu primeiro na arquitetura: nos últimos anos da década de 50, arquitetos italianos irrompem com o universalismoimplícito nas formas funcionais da arquitetura moderna, procurando salientar e incorporar os aspectos e identidades regionais em seus trabalhos. Esta atitude era um prenúncio das inovações no panorama estético contemporâneo[4].
Os paradigmas da pós-modernidade que aqui nos interessam, manifestam-se no debate filosófico e no epistemológico, a teorização sobre a ciência. Nosso objetivo aqui érelacionar alguns elementos do discurso pós-moderno, seja na filosofia ou na ciência, com o sentido e as perspectivas que está se dando a determinados segmentos da pesquisa em educação. Para tanto, artigo este subdividi-se em três partes: na primeira, abordaremos alguns elementos do debate filosófico Pós-moderno, explanando a discussão levantada por determinadas correntes do pensamento contemporâneo; nasegunda parte, abordaremos a discussão sobre os novos paradigmas para a ciência; e por último, traçaremos um breve perfil das pesquisas sobre educação sintonizadas com o discurso pós-moderno.

I - Alguns elementos do debate filosófico Pós-moderno

No campo da filosofia temos, com a incorporação das especulações filosóficas balizadas pela filosofia da linguagem, o abandono dosdiscursos e narrativas fundadas em princípios metafísicos. Grosso modo, segundo a crítica dessa nova corrente, temos que nos discursos de fundamentação metafísica, os paradigmas apresentados como resultados das especulações discursivas eram tautologicamente os princípios fundamentadores dessas mesmas especulações. Evitando incorrer em tais equívocos e buscando maior objetividade na própria linguagem, ascorrentes filosóficas mais recentes abandonam conceitos caros à modernidade, como por exemplo, as noções de subjetividade. O “cogito ergo sun” de Descartes, que influencia toda a noção de subjetividade apresentada pela filosofia ocidental, é abandonado em favor da percepção do homem como parte integrante de uma sistema estrutural independente ao que se poderia entender por sua identidade...
tracking img