A realidade na sala de aula

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 6 (1300 palabras )
  • Descarga(s) : 9
  • Publicado : 17 de agosto de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
A realidade na sala de aula

Linha de trabalho

Observação de aula de língua portuguesa em escola estadual na cidade de Rio Grande, RS baseada na proposta do Pibid (Programa institucional de incentivo à docência) do qual sou integrante na área do português, como professora em formação do segundo ano do curso de letras-espanhol diurno da FURG (Universidade Federal de Rio Grande).

1CONTEXTO DO RELATO

Observação dos métodos pedagógicos da professora de língua portuguesa, em turma de quinta série, buscando a reflexão sobre ensino de língua materna baseada no estímulo da leitura, escrita e reescrita de textos.

2 DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES

As primeiras idas a escola foram de grande expectativa porque a turma em que seriam efetuadas as observações estava comestagiária, e seria necessário esperar esta encerrar seu trabalho para iniciar as observações de fato.
Durante este período de espera tive a oportunidade de conhecer as dependências da escola, assessorada pela professora conversei com funcionários e outros professores, foi possível ler o PPP (Plano político pedagógico) da escola e reunir-nos para discutir a preparação de aula.
A professora manifestainteresse em repensar seu trabalho em relação as aulas de língua portuguesa, demonstra-se insegura sobre as aulas de gramática que costuma ministrar e alega estar aberta a novas propostas baseadas em embasamento teórico que o Pibid proporcionará.
Na primeira observação da aula de língua portuguesa já pode ser averiguada a forma tradicional que a professora costuma trabalhar o ensino da línguamaterna, repassa com os alunos conteúdos do trimestre que serão exigidos na prova que será na próxima aula.
Neste caso, o conteúdo envolve coletivos, aumentativo, diminutivo e gênero dos substantivos, em formato de lista são reforçados os conteúdos, em nítida “decoreba”. Segundo Perini (Sofrendo a Gramática, pag.49)
“Eu diria que o ensino de gramática tem três defeitos, que o inutilizamenquanto disciplina:
primeiro, seus objetivos estão mal colocados; segundo, a metodologia é seriamente inadequada ;terceiro, a própria matéria carece de organização lógica.”
Depois desta primeira observação, começa então o período de provas, o que obviamente interrompe o fluxo das aulas ditas “normais”, na semana depois da prova a professora começa a aula falando sobre as questões da provaque os alunos “erraram” mais, e o foco é na falta de cuidado com o uso de letras maiúsculas, nas distrações com o uso dos parágrafos, na falta de pontuação, e salienta que descontou muitos pontos. O tom de voz utilizado pela professora é agressivo, observo os alunos tensos.
Após a prova de recuperação e encerrado o primeiro trimestre, converso com a professora sobre como transcorreram as aulasneste período, ela anuncia que agora o trabalho será com pronomes.
Desde o começo do ano a turma está lendo um livro, que cada aluno leva para casa para ler apenas um capítulo, no começo de cada aula o aluno lê para a turma este capítulo e a professora prossegue com mais alguma parte, comentam sobre fatos da história. Em seguida a aula segue agora focada nos conteúdos, mas que não tem a ver coma leitura do livro.
Segundo Antunes (2003) “Uma atividade de leitura cuja interpretação se limita a recuperar os elementos literais e explícitos presentes na superfície do texto. Quase sempre esses elementos privilegiam aspectos apenas pontuais do texto (alguma informação localizada num ponto qualquer), deixando de lado os elementos de fato relevantes para a sua compreensão global (comoseriam todos aqueles relativos a idéia central, ao argumento principalmente defendido, à finalidade global do texto, ao reconhecimento do conflito que provocou o enredo da narrativa, entre outros)”

3 ANÁLISE E DISCUSSÃO DO RELATO

As observações da aula de língua portuguesa revelam que a professora trabalha gramática nas aulas de forma dispersa da língua, entendido língua como aquela que...
tracking img