O livro da escola da ponte

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 16 (3914 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 4 de noviembre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO

Mestrado em Ensino de Inglês e do Alemão no Ensino Básico e Secundário

Problemáticas Pedagógicas Contemporâneas

2009/2010

[pic]

Estudo Crítico da Obra

Escola da Ponte – Formação e Transformação em Educação

José Pacheco

Docente: Prof. Doutora Olga Lima

Trabalho realizado por: Cláudia Maria de Moura Armão Ferreira

Porto,Abril de 2010
O presente trabalho é um estudo crítico da obra Escola da Ponte – Formação e Transformação em Educação de PACHECO, José, Vozes Editora, 232 pág.

Introdução

Penso não estar errada ao afirmar que esta obra de reflexão acessível era já uma necessidade no panorama da nossa cultura pedagógica. O livro vem preencher um espaço que estava vazio e pena é que não esteja mais divulgadoe muitos o desconheçam completamente. Embora nos últimos anos alguma coisa tenha sido escrita entre nós sobre pedagogia, fazia falta uma obra assim, que é um espelho de uma “rara” realidade, pois escolas como a da Ponte não são fáceis de encontrar, muito menos em Portugal.
A escola como instituição de ensino tem vindo a procurar adaptar-se às mudanças, respondendo às necessidades da própriaevolução da sociedade. Muitas situações houve no entanto em que esse esforço de adaptação não correspondeu às exigências gerais, em resultado da força de orientações e tradições seculares, que apontam para o facto de que ensinar é meramente fazer uma transmissão de conhecimentos. Não foi no entanto isso que aconteceu na Escola da Ponte.
Nesta obra, que considero uma contribuição inestimável àsensibilização para a pedagogia do projecto por constituir um exemplo palpável do seu sucesso, o autor apresenta explicitamente um conceito de educar que é diferente do acima mencionado. Segundo ele, educar é criar possibilidades para a produção do conhecimento. Com sensibilidade e paixão, José Pacheco mostra-nos como transformar o actual sistema de ensino, excludente e injusto, e que por isso mesmonão satisfaz as necessidades dos alunos e consequentemente as dos professores.
José Pacheco não foi o primeiro e não será o último a desejar uma escola que fuja do modelo tradicional. O que torna o seu caso especial e inédito é o facto de o educador português, licenciado em Ciências da Educação e mestre em Educação da Criança pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação daUniversidade do Porto, se poder orgulhar de ter transformado o seu sonho em realidade. Actualmente a viver no Brasil, coordenou durante 28 anos a Escola da Ponte, que apesar de fazer parte da rede pública portuguesa, em nada se parece com as demais.
Penso ser interessante mencionar o facto de, enquanto jovem, José Pacheco nunca ter pensado em leccionar. Queria ser engenheiro electrónico. Nos seuspensamentos questionava-se no entanto frequentemente porque é que a escola ainda reproduzia um modelo criado há tantos anos. Enquanto procurava uma resposta, apaixonou-se pelo ensino "Percebi que na engenharia teria menos a descobrir, enquanto na educação ainda estava tudo por fazer." Esse "tudo" que José Pacheco fez é que o que nos conta esta obra.

Estudo crítico

José Pacheco começa pordedicar o livro a “todos aqueles que, num tempo em que ninguém ousava ousar, ousaram”. Seguem-se duas citações. A primeira, da autoria de Cecília Meireles (autora brasileira, in Crónicas da Educação), pareceu-me extremamente perspicaz e bem enquadrada. A autora refere o facto de as palavras, palavras, palavras a que os alunos são “expostos” serem levadas pelo vento, tendo eles depois no exercícioda sua profissão de docentes de fazer por si mesmos. Com uma simplicidade comovente se apresenta aqui uma grande verdade, que está ela mesma por detrás das razões que levaram José Pacheco a criar o seu projecto, pelo que a citação se insere perfeitamente no âmbito da obra.
Tal como o autor nos relata, a Escola da Ponte surgiu efectivamente do desejo de criar uma escola que se diferenciasse...
tracking img