A Sexualidade Infantil Na Iv Conferência Sobre Psicanálise De Freud

Páginas: 9 (2068 palabras) Publicado: 16 de enero de 2013
A SEXUALIDADE INFANTIL NA IV LIÇÃO SOBRE PSICANÁLISE DA OBRA DE FREUD CINCO LIÇÕES SOBRE PSICANÁLISE

Raimundo Nonato Leonardo Bastos

Resumo: trataremos aqui, em linhas gerais, partindo do texto da IV Conferência sobre Psicanálise da obra de Freud Cinco Lições de Psicanálise, o tema da sexualidade infantil. Mostrando que esse conceito, aos olhos de Freud e da Psicanálise é muito mais amplodo que o modo como se pensava a sexualidade humana, quase que exclusivamente colocada a serviço da propagação da espécie.
Palavras chave: sexualidade, sexualidade infantil, conceituação.

Introdução
Trabalharemos neste breve artigo o tema da sexualidade infantil a partir da IV conferência sobre Psicanálise proferida por S. Freud em setembro de 1909, por ocasião do 20º aniversário de fundaçãoda Clark University de Worcester-Massachusetts-EUA. Seu presidente G. Stanley Hall convidou Freud e seus discípulos e colaboradores Ferenczi e Jung para algumas conferências sobre a Psicanálise e em cuja ocasião lhes seriam conferidos os títulos de membros de honra daquela Universidade.
Deste modo, veremos, como que em síntese, a partir do texto proposto, a conceituação que S. Freud dá ao termoe ao tema da sexualidade, mostrando que é muito mais amplo do que se pensava por aquele tempo e que, além disso, constitui parte essencial da pessoa humana desde seu nascimento e não só a partir da puberdade, como era comum se pensar.

A sexualidade infantil na IV Conferência sobre Psicanálise
A “descoberta” de uma sexualidade na infância logrou para Freud um certo menosprezo da classemédica e de outros setores da sociedade em que vivia. Diante da forte repressão da sexualidade vivida pelas pessoas por volta dos fins do século XIX e inícios do século XX, era impossível pensar e admitir a existência e a vivência da sexualidade nas crianças, pois eram tidas como seres puramente inocentes, incapazes de quaisquer sentimentos desse tipo e de terem uma inclinação natural à sexualidade.Todavia, com fundamentado em suas pesquisas clínicas, S. Freud, descobre que na base de quase todos os casos de neurose que acompanhava, estavam os dados do instinto erótico guardados no mais profundo do inconsciente das pessoas, como ele mesmo diz: “vi-me forçado a adotá-la (a opinião de que os instintos sexuais estão na base das neuroses) quando as minhas experiências se tornaram mais numerosas epenetraram mais intimamente o problema.” (FREUD, 1997, p.44). E mais: esse material provinha, na grande maioria das vezes, da mais remota infância, não era coisa que se dava apenas durante ou depois da puberdade, como as turbas pensavam, quando a sexualidade se coloca a serviço da procriação da espécie e da aquisição de prazer.
Diante disso, S. Freud afirma categoricamente:
Só os fatos dainfância explicam a sensibilidade aos traumatismos futuros e só com o descobrimento desses restos de lembranças, quase regularmente esquecidos, e com a volta deles à consciência, é que adquirimos o poder de afastar os sintomas... Esses potentes desejos da infância hão de ser reconhecidos, porém, em sua absoluta generalidade, como sexuais. (FREUD, 1997, p. 46).

Com essa assertiva de Freud,certamente, como era costumeiro, muitos de seus expectadores ficaram perplexos, pois o comum era pensar que a fase da infância fosse um tempo marcado pela completa ausência de um instinto da sexualidade, sendo então forçados, ou não, a admitir uma “sexualidade infantil”. Freud novamente argumenta:
Não é verdade certamente que o instinto sexual, na puberdade, entre no indivíduo como, segundo oEvangelho, os demônios entram nos porcos. A criança possui, desde o princípio, o instinto e as atividades sexuais. Ela os traz consigo para o mundo, e deles provêm, através de uma evolução rica de etapas, a chamada sexualidade normal do adulto. (FREUD, 1997, p. 46).

Depois dessas primeiras afirmações chocantes acerca da sexualidade infantil, Freud cita alguns trabalhos de outros profissionais,...
Leer documento completo

Regístrate para leer el documento completo.

Estos documentos también te pueden resultar útiles

  • IV Conferencia de Freud Resumen
  • Las cinco conferencia de freud sobre psicoanalisis
  • conferencias freud
  • Conferencias freud
  • conferencias de freud
  • Conferencias de freud
  • Conferencias De Freud
  • Conferencias Sobre Educación Infantil

Conviértase en miembro formal de Buenas Tareas

INSCRÍBETE - ES GRATIS