Cultura e diversidade cultural

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 17 (4172 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 30 de marzo de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
GUIA DE ESTUDOS DE SOCIOLOGIA
Docente: Prof. Mstndo Cláudio Silva

VII. Cultura e Diversidade Cultural

• Conceito antropológico de cultura e a compreensão do homem como totalidade.
• A unidade humana e a diversidade cultural. O Etnocentrismo e a diversidade étnica

Cultura

Conceito antropológico

Em 1871, Edward B Tylor publicou uma obra intituladaCultura Primitiva, onde definiu cultura da seguinte forma “ este todo complexo que inclui os conhecimentos , as crenças religiosas, a arte, a moral , o direito , os costumes e todas as outras aptidões e hábitos que o homem adquire como membro das sociedade”.
Esse trabalho de Tylor é uma obra de referência em que a realidade designada pelo termocultura engloba tudo aquilo que é relativo ao homem, sejam as coisas e/ou os acontecimentos ; tal conceito realça sua co- extensibilidade a tudo o que é humano. Tylor destaca as idéias de universalidade da cultura e de sua multiplicidade através do espaço e do tempo, daí o emprego de culturas, no plural , pelos antropólogos.

Uma prática econômica esimbólica

Para sobreviver , o homem tem de, como todo ser vivo entrar em relação com a natureza. Mas , como não dispõe de equipamentos biológicos especializados e como a manutenção da vida assume um caráter valorativo, ele se associa a outros homens para realizar essa tarefa. E aí se descortina o horizonte da ação humana como um universos aberto einfinitamente diversificado. É aí que, como prática social, o homem desenha o conjunto das suas ações em dois níveis : o da prática econômica e o da prática simbólica.
É no âmbito da prática econômica que o homem produz coisas que se transformam em bens materiais e consumíveis para se manter vivo: alimento, roupa , abrigo, artefatos domésticos , meiosde transporte, ferramentas, etc. Aí aparece a dimensão prático – material, técnico – científica da ação humana.
Se você olhar com atenção para o mundo dos homens e de suas ações, notará que ele constrói e inventa coisas cuja utilidade material , biológico – corpórea é indispensável: não se pode , por exemplo, viver sem alimento , sem roupa, sem abrigo ,etc.

O humano se realiza pela cultura

A ação humana não se esgota na sua dimensão prática. O homem também produz símbolos , isto é , valores, idéias , leis , linguagem, sonhos e fantasias.
Para permanecer vivo, ele produz bens materiais que lhe suprem as necessidades corpóreas e biológicas. Além disso , produz bens simbólicos que o ajudam a darsignificado às suas ações e às coisas por ele produzidas, bem como hierarquiza e ordena o mundo da produção , da circulação e do consumo desses bens.
É assim que o homem se liberta da natureza , rompe as cadeias que o prendem à animalidade, subtrai-se de uma região onde tudo se realiza imperativamente pela voz silenciosa do instinto e inaugura omundo da liberdade, da indeterminação, da linguagem, da educação. Numa palavra, da cultura

Diversidade cultural

"A verdadeira contribuição das culturas não consiste numa lista das suas invenções particulares mas na maneira diferenciada com que elas se apresentam. O sentimento de gratidão e de humildade de cada membro de uma cultura dada deve ter em relação a todas as demais não devebasear-se senão numa só convicção: a de que as outras culturas são diferentes, de uma maneira a mais variada e se a natureza última das suas diferenças nos escapa...deve-se a que foram imperfeitamente penetradas.
Se a nossa demonstração é válida não há nem pode haver uma civilização mundial no seu sentido absoluto, porque civilização implica na coexistência de culturas que oferecem o máximo de...
tracking img