Macchu picchu

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 25 (6048 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 5 de enero de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
Introdução
Bem alto no topo da cordilheira dos Andes, encontra-se a misteriosa cidade perdida, Macchu Picchu. Num enigma de 500 anos onde antigos engenheiros moviam rochas de 20 toneladas e construíam hectares de socalcos para cravar a cidade a montanha. Toda a cidade é preenchida de segredos e milhares de cientistas tentam desvendar os seus mistérios desde a sua descoberta em 1911. Para iniciaro trabalho recorremos primeiro a uma breve pesquisa acerca de quem foram os Incas essas grande civilização, hoje extinta. Os seus costumes, crenças e tradições ajudaram-nos para interpretar a localização desta cidade e ainda alguns dos templos que construíram nela. Após isto tentamos passar pelos principais mistérios de Machu Picchu e através de questões responder a alguns dos segredos queaquelas montanhas começam a revelar.

1

A Civilização Inca
O INICIO DA CIVILIZAÇAO INCA O Império Inca foi um Estado-nação que existiu na América do Sul de cerca de 1200 até à invasão dos conquistadores espanhóis e a execução do imperador Atahualpa em 1533. O império incluía regiões desde o extremo norte como o Equador e o sul da Colômbia, todo o Peru e a Bolívia, até o noroeste da Argentina e onorte do Chile. A capital do império era a actual cidade de Cuzco. O império abrangia diversas nações e mais de 700 idiomas diferentes, sendo o mais falado o “quíchua”. Os incas estabeleceram o império mais amplo da época pré-hispânica. Apesar de arqueólogos e historiadores não concordarem, acredita-se que os incas vieram de uma região árida e montanhosa localizada nos Andes Centrais. Por razõestambém desconhecidas, eles deixaram o seu lugar de origem em busca de novos territórios. Ao chegar a Cuzco, aproximadamente no ano 1100, eles decidiram-se estabelecer. Cuzco é um vale rico andino, situado na confluência dos rios Huantanay e Tullumayo, rodeada de um circo de montanhas que atingem uma altura de mais de 3000 metros acima do nível do mar. Para se estabelecer em Cuzco eles tiveram quelutar e vencer o povo que vivia na região. De acordo com os relatos míticos dos incas, a fundação de Cuzco é atribuída a Manco Capac, considerado um herói e um deus. Ele foi o primeiro Inca, nome dado mais tarde aos monarcas, e estabeleceu as primeiras regras da organização social, que nesta época era um pequeno estado com pouco poder. O sucessor de Manco Capac, Sinchi Roca, que significa heróiguerreiro, iniciou a série de monarcas lendários que fortaleceram seu assentamento em Cuzco e dominaram território.

2

A HIERARQUIA DA SOCIEDADE INCA

Dentro da sociedade inca havia grupos privilegiados e outros subordinados a eles e apesar de ser uma civilização tão antiga era bem estruturada e complexa. O imperador Inca era considerado um deus, por isso era obedecido pelos seus súbditos.O Estado incaico era teocrático porque o imperador, o Inca, era reconhecido como o filho do sol, o deus mais importante.

Imperador Inca – “O Filho do Sol” “Orelhões” Os nobres foram chamados pelos espanhóis de “orelhões”, devido à impressão que tiveram das suas enormes orelhas, aumentadas pelos grandes pendentes que usavam. Acima destes, na pirâmide Hierárquica apenas estava o Imperador e os 4“Apus”, que lidavam directamente com o imperador. Os “orelhões” eram educados em escolas especiais. Estudavam a língua “quíchua”, religião, história, geometria, geografia e astronomia. Ao terminarem a formatura, os “orelhões” eram sujeitos a alguns desafios tradicionais, onde a dança e o jejum não faltavam. No final, após terem provado a sua formatura, perfurava a orelha de cada um pessoalmentecom uma agulha de ouro, para que pudessem usar seus pendentes característicos, marca de sua categoria. Os “orelhões” tinham vários privilégios, entre eles a posse de terras e a poligamia. Eles recebiam presentes do monarca, tais como mulheres, lhamas, objectos preciosos, permissão para usar liteiras ou trono. Eles constituíam os funcionários do Império.

Descida da montanha após a cerimónia...
tracking img