Mies van der rohe

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 8 (1762 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 4 de septiembre de 2012
Leer documento completo
Vista previa del texto
MIES VAN DER ROHE
“Monumentalização da técnica”


Arquiteto alemão naturalizado nos Estados Unidos, Ludwig Mies van der Rohe nasceu em 1886, em Aachen, na Alemanha, e faleceu em 1969. Estudou durante dois anos na escola de comércio e inicia sua carreira trabalhando em Berlim, onde trabalhara com o arquiteto Bruno Paul e em 1908, com o arquiteto Peter Behrens, em cujo atelier conheceuGropius e Le Corbusier. Esteve ligado ao movimento expressionista alemão "Novembergruppe" desde 1922 e em 1930, num momento em que acumula grande prestígio profissional, assume o cargo de diretor da escola Bauhaus. Perante a instabilidade política da Alemanha, emigra para os Estados Unidos, dando uma nova guinada na sua carreira e por isso podemos dizer que o mesmo possui três períodos os quais falamosmais aprofundada mente: período europeu, de transição e americano.
O período europeu compreende o inicio da carreira de Miss Van Der Rohe até o mesmo se exilar em Chicago, Estados Unidos. O inicio de sua carreira foi marcada pela influencia de Peter Behrens, que por sua vez havia recebido influencias de Schinkel - importante arquiteto do período romântico europeu. – Miss, então éinfluenciado tanto pelos conceitos da forma de Schinkel , e os princípios do classicismo, quanto pelas propostas industriais recentes de Behrerns. O primeiro projeto que se pode citar referentes a essa fase é a Casa Reihl (1906): Construida em estlilo neoclássico despretensioso e com planta retangular de dois andares, paredes com reboco liso, coberturas inclinadas e frontão. Nota-se que o arquiteto iniciaa utilização das aberturas de vidro em maiores proporções considerando, as empregadas na época, já a estrutura é basicamente paredes portantes de alvenaria ou pedra com aberturas convencionais. A arquitetura de Miss se manteve nesses “padrões” por mais alguns anos através de obras como Monumento a Bismark (1910), Casa Perls (1912) Casa Miss (1914) dentre outros porem foi nesta época que oarquiteto começa a demonstrar seu interesse pela estrutura e matérias construtivas por influencia de Berllage, arquiteto modernista Holandês, passou a procurar em suas obras a essência, da verdade da construção.
Nos anos de 1916 a 1918 Mies serviu a Alemanha na primeira guerra mundial como engenheiro. Em 1919 elaborou um esboço para o edifício Friedrichstrass, arrojado para um arranha-céu na época,marcou o início da essência de todos os edifícios de concreto, aço e vidro projetados até hoje. O projeto foi baseado na ideia de que um esqueleto de aço de suporte seria capaz de libertar as paredes exteriores e principalmente se sua função de suporte de carga, permitindo assim que o edifício tenha uma superfície mais translucida do que sólida. Mies determinou a forma do edifico depois de testarcanecões de prismas analisando seus reflexos de luz em um modelo de vidro. Apesar de ser um projeto extremamente racionalista o expressionismo (it self a projection of subjetive disturbances) é o caráter mais evidente de sua obra. - a pele de vidro de Mies seria alternativamente transparente, reflexiva, refrativa, sua reflecção dependeria das condições de iluminação, da posição dessa forma deforma constante mudaria as imagens da cidade, o corpo do edifício sofreria constantes mudanças decorrentes da enorme demanda de imagens que o site exigiria.

Combatendo a subjetivação expressionista estaria à repetição de linhas da estrutura de aço.
O arquiteto desenvolveu o projeto do edifício para um concurso, e por não ter ganhado o edifício nunca veio a ser construído.

Mies projetou seusegundo edifício todo em vidro, em 1921, com estrutura interna de concreto sustentada por várias lajes de piso em concreto e assim como no projeto do edificio Friedrichstrass o arquiteto um esqueleto interno completamente isolado da pele de vidro externa. Os projetos das torres de vidro marcaram a carreira de Mies, mas principalmente marcou a historia dos arranha-céus, que muito aprenderam com...
tracking img