Agricultura de precision en un lote de 1 ha en choachi

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 186 (46340 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 20 de febrero de 2012
Leer documento completo
Vista previa del texto
PARACELSO

AS PLANTAS MAGICAS
BOTÂNICA OCULTA

Tradução de ATTÍLIO CANCIAN Supervisão de MAXIM BEHAR

HEMUS — LIVRARIA EDITORA LTDA.

AS PLANTAS MÁGICAS
(BOTÂNICA OCULTA) Paracelso

Copyright 1976 by Hemus.

Direitos para a língua portuguesa adquiridos pela HEMUS — Livraria Editora Ltda. que se reserva a propriedade literária desta publicação.

Capa de Décio Guedes

hemuslivraria editora limitada
O151O-rua da glória. 312 liberdade fone 279-9911 pbx caixa postal 9686 são paulo

Composição: Carlos Antonio Lauand Rua Coronel Lisboa, 432 - S.Paulo

Impresso no Brasil Printed in Brazil

PARACELSO (Felipe Aureolo Teofrasto Bombasto de Hohenheim) Antes de iniciar nosso pequeno tratado de Botânica Oculta — ou seja, o estudo das plantas mágicas — baseado nas teorias domagno Paracelso, do divino Paracelso, conforme muitos o chamam, pedimos vênia para traçar, ainda que em largas pinceladas, o perfil do famoso alquimista, do célebre médico revolucionário. Este homem genial, uma das figuras mais proeminentes que surgiram nos albores da Renascença, nasceu em Einsiedeln (1) no dia 10 de novembro de 1 493. Na pia batismal recebeu o nome de Teofrasto, em memória dopensador grego Teofrasto Tírtamo, de Éreso, por quem o doutor Hohenheim, pai do nosso biografado, nutria profunda admiração.
1 - Einsiedeln. (Nossa Senhora dos Eremitas.) Povoado da Suíça situado no fundo de um formoso vale. Nele são fabricados rosários e outros artigos religiosos. Existe ali uma célebre abadia de beneditinos, fundada no século IX, que muitos peregrinos visitam no dia 14 desetembro.

O nome de Felipe lhe foi acrescentado, sem dúvida, posteriormente, pois é certo que Paracelso jamais fez uso do mesmo; a alcunha de Aureolus deve ter sido dada por seus admiradores nos últimos anos de sua vida, de vez que até 1 538 não o encontramos em nenhum documento relacionado com sua pessoa. Quanto ao nome famoso de Paracelso, existe a opinião de que o mesmo foi dado por seu pai quandoainda jovem, querendo com isto demonstrar que na ocasião já era mais sábio do que Celso, médico célebre contemporâneo do imperador Augusto e autor de um livro de medicina muito mais avançado de quantos havia em sua época. Já a partir do ano de 1 510 ficou conhecido pelo nome de Paracelso e, embora muito raramente o incluísse em sua assinatura, é certo que o estampou em suas grandes obrasfilosóficas e religiosas; do mesmo modo seus discípulos o chamavam de Paracelso, nome que sempre apareceu nas controvérsias e nos ataques injuriosos de que foi vítima.

INFÂNCIA DE PARACELSO
Paracelso era uma criança baixinha, doentia e com tendência ao raquitismo, razão por que exigia os cuidados mais esmerados, que lhe eram dispensados pelo seu próprio pai, que nutria por ele uma afeição muito grande. ODr. Hohenheim atribuía uma importância extraordinária aos efeitos salutares do ar livre respirado em plena natureza; por isso, quando o rapaz estava já crescido, fez dele seu companheiro de excursões, conseguindo desta maneira robustecer-lhe o corpo e enriquecer-lhe o espírito. Foi nessas andanças que Paracelso aprendeu os nomes e as virtudes das ervas e plantas medicinais bem como os diversosmodos de usá-las; conheceu os venenos e seus antídotos da mesma forma que a arte de preparar toda espécie de poções medicinais. Nessa época, na Europa a Farmácia não era ainda reconhecida, ao contrário do que se dava na China, no Egito, na Judéia e na Grécia, milhares de anos antes da era cristã. Com efeito, a primeira farmacopeia pertence a Nuremberga e data de 1 542, o ano seguinte à morte deParacelso. Por conseguinte, pode-se afirmar que a maioria das ervas medicinais, que se receitam em nossos

dias, já era conhecida na Idade Média e os religiosos as cultivavam com todo cuidado e ciosamente nos jardins dos seus conventos; é por isso que foram conservados até hoje alguns conhecimentos a respeito dos seus usos. Nas pradarias e bosques próximos ao Rio Sihl, onde existem pântanos em...
tracking img