As duas fontes da moral e da religião

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 4 (976 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 13 de junio de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
As duas fontes da Moral e da Religião – Observações finais.
Henri Bergson
Evolução das tendências – Dicotomia e duplo frenesi- 311,2 ---- 424,1 (13).
Aluno: Tiago Lenoir Moreira

I- Dadicotomia
O autor expõe que tem-se falado muito das alternâncias de fluxo e de refluxo que se observam na história.
Tais fluxos são perceptíveis através dos vaivens característicos do Estado modernos, emvirtude de regimes concebidos que canalizam o descontentamento.
Bergson (212) explica que os movimentos de ida e volta entre os dois contrários resultam de certos dispositivos simples montados pelohomem social ou de certas disposições muito visíveis do homem individual. E conclui seu raciocínio, Não manifestam uma necessidade que domine as causas particulares de alternância e que se imponha, deuma maneira geral, aos acontecimentos humanos.
A parcela que nos foi outorgada no trabalho inicia com a seguinte indagação feita pelo festejado Autor: Existirão tais causas ?
Com efeito, Bergsonexpõe que não acredita na fatalidade da história. Segundo ele, não há obstáculo que vontades suficientemente esforçadas não possam quebrar, se a isso se aplicarem a tempo (313 ).
Bergson acredita que nãohá lei histórica inelutável. Entretanto, afirma que há leis biológicas que em virtude de certas forças (natureza), é impossível que a evolução psicológica do homem individual e social renuncie porcompleto a esses hábitos de vida (313).
Relembra Berson, que a essência de uma tendência vital é desenvolver-se em forma de feixe, criando, pelo facto do seu crescimento, direcções divergentes entre asquais se distribuirá o impulso.
Quanto ao pendulo, Bergson expõe que a tendência de uma multiplicidade e indistinção só é possível, se considerarmos retrospectivamente, quando diversas perspectivasretrospectivas são tomadas da indivisão que pospõem elementos que foram criados.
Neste diapasão tem-se o exemplo da laranja. Imaginemos que a laranja é aindaa única cor a ter aparecido no mundo:...
tracking img