Phda comportamentos

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 98 (24407 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 3 de junio de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
Região Autónoma da Madeira • Secretaria Regional de Educação e Cultura • Direcção Regional de Educação Especial e Reabilitação Direcção de Serviços de Apoio, Gestão de Recursos e Investigação

Periodicidade Trimestral

Julho, Agosto e Setembro de 2008

Ano 6 - N.º 21

ISSN 1646-1819

1

Índice
2

3 4 9

Editorial Avaliação Psicológica de Crianças Hiperactivas com Défice deAtenção Intervenção Multimodal na Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção

19

A Criança Hiperactiva e a Psicomotricidade como Recurso Pedagógico-Terapêutico

29 33 35 35 36 36

Estratégias para a PHDA em Contexto Escolar Espaço TIC - Tecnologias de Informação e Comunicação Livros Recomendados Formação Notícias

Ficha Técnica

DIRECTORA – Maria José de Jesus Camacho REDACÇÃO –Serviços da Direcção Regional de Educação Especial e Reabilitação REVISÃO – Direcção de Serviços de Apoio, Gestão de Recursos e Investigação MORADA – Rua D. João n.º 57 9054-510 Funchal Telefone: 291 705 860 Fax: 291 705 870 E-MAIL – revistadiversidades@madeira-edu.pt GRAFISMO E PAGINAÇÃO – Direcção de Serviços de Apoio, Gestão de Recursos e Investigação ISSN – 1646-1819 IMPRESSÃO – O Liberal FOTOS –Direcção Regional de Educação Especial e Reabilitação / Kelly Ward

Maria José Camacho
Directora Regional de Educação Especial e Reabilitação

A permanente vontade de observar, descobrir, criar, experimentar e questionar é inerente ao processo de crescer, de se desenvolver, de ser. Num movimento acelerado, repleto de mensagem e significação, deparamo-nos com um grupo muito particular: ascrianças e jovens com Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção que, num rodopio, pedem a nossa ajuda, o nosso olhar atento, o nosso tempo e a nossa dedicação, para que consigamos com ternura, olhá-los e conhecê-los, na verdadeira acepção destas palavras. Este universo é especial e único, no entanto, não é diminuto: “à velocidade da luz”, intrigam-nos, interrogam a realidade, introduzem mudançasnum equilíbrio que, frequentemente, necessita de ser reajustado. São inúmeras as questões que se levantam: quem são estas crianças e jovens? Quais as suas potencialidades? Com quem vivem? Quais são os seus sonhos? O que querem ser quando crescerem? O que gostam de fazer na escola? Estas são algumas das interrogações que, na maioria das vezes, ficam sem resposta. Por tudo isto, esta populaçãonecessita que depreendamos, nas entrelinhas, o que significa aquele movimento aparentemente sem sentido. Este número da Revista Diversidades impele-nos a imaginar como será viver “à velocidade da luz” - o que é sentir o corpo a “fugir” do nosso controlo, a atenção a dispersar-se, os colegas a distanciarem-se devido às dificuldades de interacção social, apesar de todos os esforços realizados… Seconseguirmos e, principalmente, se tentarmos aumentar a nossa capacidade de empatia, poderemos compreender e contextualizar o comportamento destas crianças e jovens, percepcionando as suas acções, tantas vezes desproporcionais, como uma estratégia de defesa e de protecção da angústia que os assola. Como tal, é urgente e prioritário reflectir acerca desta perturbação e da intervenção mais ajustada, assentenuma perspectiva sistémica e multimodal. Convidamo-lo, pois, a uma leitura das páginas que se seguem, esperando que a mesma contribua para uma compreensão global das especificidades inerentes a esta população e consequente melhoria das práticas de actuação.

3

Editorial

Artigos

Avaliação Psicológica de Crianças Hiperactivas com Défice de Atenção•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••
“Ele não pára quieto…”, “Está sempre a mexer em tudo…”, “É muito agitado e impulsivo...”, “Está constantemente desatento...”, “Não consegue terminar uma única actividade ou tarefa…”. Estas são algumas das afirmações que diariamente os pais e professores das crianças com Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção (PHDA) verbalizam. Outras características são...
tracking img