Adiel

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 10 (2395 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 18 de octubre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
Rev Saúde Pública 2002;36(1):55-62
www.fsp.usp.br/rsp

55

Prevalência e fatores associados à automedicação: resultados do projeto Bambuí Prevalence and factors associated with selfmedication: the Bambuí health survey
Antônio Ignácio de Loyola Filho, Elizabeth Uchoa, Henrique L Guerra, Josélia O A Firmo e Maria Fernanda Lima-Costa
Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento(Nespe). Centro de Pesquisas René Rachou da Fundação Oswaldo Cruz. Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG, Brasil

Descritores Automedicação.# Prevalência.# Hábitos de consumo de medicamentos.# Medicamentos sem prescrição. Prescrição de medicamentos.

Resumo Objetivo Realizou-se estudo com base populacional na cidade de Bambuí, MG, com cerca de 15.000habitantes, para determinar a prevalência e os fatores associados ao uso de automedicação. Métodos Foi selecionada uma amostra aleatória simples de 1.221 moradores com idade >18 anos: 796 relataram uso de medicamentos nos últimos 90 dias e foram incluídos no estudo (775 participaram). A coleta de dados foi feita por entrevistas domiciliares. Foram considerados três grupos de variáveis exploratórias:sociodemográficas, indicadores de condição de saúde e indicadores de uso de serviços de saúde. Para análise estatística, foram utilizados: teste de qui-quadrado de Pearson e odds ratio ajustados pelo método de regressão logística multinomial. Resultados Do total de participantes, 419 (54,0%) relataram ter consumido exclusivamente medicamentos prescritos por médicos nos últimos 90 dias, 133 (17,2%)consumiram medicamentos prescritos e não prescritos, e 223 (28,8%) consumiram, exclusivamente medicamentos não prescritos. Após ajustamento por variáveis de confusão, as seguintes variáveis apresentaram associações com o uso exclusivo de automedicação: sexo feminino (OR=0,6; IC95%=0,4-0,9); idade (OR=0,4; IC95%=0,3-0,6 e OR=0,2; IC95%=0,1-0,5 para 40-59 e >60 anos, respectivamente); >5 residentes nodomicílio (OR=2,1; 1,1-4,0); número de consultas médicas nos últimos 12 meses (OR=0,2; IC95%=0,1-0,4 e OR=0,1; IC95%=0,0-0,1 para 1 e >2, respectivamente); consulta a farmacêutico nos últimos 12 meses (OR=1,9; IC95%=1,1-3,3) e relato de gastos com medicamentos nesse período (OR=0,5; IC95%= 0,3-0,8). Conclusão Os resultados mostraram prevalência da automedicação semelhante à observada em paísesdesenvolvidos, sugerindo que essa prática poderia atuar como um substituto da atenção formal à saúde. Abstract Objective A population-based study was carried out in the municipality of Bambuí, Brazil (population: approx. 15,000 inhabitants), to determine the prevalence of selfmedication and its associated factors.
Baseado em dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós Graduação em SaúdePública da Universidade Federal de Minas Gerais, 2001. Subvencionado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep – processo nº 6694009-00) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq – Processos nº 301056/94-3, 14974/97-8, 572208/97-9). Recebido em 27/4/2001. Reformulado em 14/8/2001. Aprovado em 30/10/2001.

Keywords Self-medication. Prevalence.# Drug usehabits.# Drugs, non-prescription. Prescriptions, drug.

Correspondência para/Correspondence to: Antônio Ignácio de Loyola Filho Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz Av. Augusto de Lima, 1715 30.190-002 Belo Horizonte, MG, Brasil E-mail: lima-costa@cpqrr.fiocruz.br

56

Automedicação em adultos Loyola Filho AI de et al.

Rev Saúde Pública 2002;36(1):55-62
www.fsp.usp.br/rsp

Methods Arandom sample of 1,221 residents aged >18 years was selected. Of these, 796 reported use of medications in the last 90 days and were selected for this study (775 participated). Data was collected through home interviews. Study variables were divided in 3 groups: social and economic, health status and health service use indicators. Statistical analysis was performed using Pearson’s Qui-square...
tracking img