Aleister crowley

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 99 (24522 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 1 de diciembre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
O
LIVRO
DAS

MENTIRAS

Liber 333

por Aleister Crowley
[pic]
Tradução:
Sir Johann Heyss
&
Dom Marcelo Santos

[N.T. - Uma perfeita adaptação do texto original ao idioma Português é verdadeiramente impossível, devido aos inúmeros trocadilhos e detalhes de cunho técnico, somente apreciáveis no texto em Inglês. Porém, ainda assim, o texto deixa transparecer a genialidade e o alcanceda percepção espiritual do autor.]

O LIVRO DAS MENTIRAS,

o qual é também falsamente chamado

QUEBRAS,

os devaneios ou falsificações do único pensamento de

FRATER PERDURABO
(Aleister Crowley)

cujo pensamento é, em si mesmo, falso.

"Quebra, quebra, quebra / nos pés de tuas pedras, oh mar! / e eu pronunciaria / os pensamentos quenascem em mim!".

COMENTÁRIO (Página do Título)

O número do livro é 333, como implicando dispersão, de modo a corresponder ao título: "Quebras" e "Mentiras". De qualquer forma, o pensamento é, em si mesmo, falso e, portanto, suas falsificações são relativamente verdadeiras. Por conseguinte, este livro consiste em declarações tão verdadeiras na linguagem humana quanto possíveis.
Overso de Tennyson é inserido, em parte, por causa do trocadilho com a palavra quebra e quebrar, e pela referência do significado da página do título; e, em parte, por ser divertido para Crowley citar Tennyson.

?

!

ΚΕΦ“ΛΗ Η ΟΥΚ ΕΣΤΙ ΚΕΦ“ΛΗ

0! (1)
A Tríade Anterior Primitiva A Qual É
NÃO-DEUS
Nada é.
Nada virá a ser.
Nada não é.

A Primeira Tríade A Qual é DEUS
EU SOU.
Eupronuncio A Palavra.
Eu ouço A Palavra.

O Abismo
A Palavra é quebrada.
Há Conhecimento.
Conhecimento é Relação.
Estes fragmentos são Criação.
A quebra manifesta Luz. (2)

A Segunda Tríade A Qual é DEUS
DEUS, o Pai e Mãe, é ocultado em Geração.
DEUS é ocultado em rodopiante energia da Natureza.
DEUS é manifestado em concentração: harmonia:
consideração: o Espelho do Sol e do Coração.

ATerceira tríade
Paciência: preparar.
Agito: fluir: flamejar.
Estabilidade: gerar.

A Décima Emanação
O mundo.

COMENTÁRIO (O Capítulo que não é um Capítulo)

Este capítulo, de número 0, corresponde ao Negativo, o qual é anterior a Kether no sistema Cabalístico.
Os pontos de interrogação e exclamação nas páginas anteriores são os dois outros véus.
O significado destesdois símbolos é inteiramente explicado em The Soldier and The Hunchback (O Soldado e o Corcunda).

Este capítulo começa com a letra O, seguida por um ponto de exclamação; sua referência à teogonia de Liber Legis é explicada na observação, mas é também referente a KTEIS PHALLOS e SPERMA, e é a exclamação de assombro ou êxtase, a qual é a natureza ultimal das coisas.

OBS.: (1) Silêncio.Nuit, O; Hadit; Ra-Hoor-Khuit, 1.

COMENTÁRIO (A Tríade Anterior Primitiva)

Esta é a Trindade Negativa; suas três declarações são, em último sentido, idênticas. Elas harmonizam Ser, Vir-a-Ser, e Não-Ser, os três modos possíveis de se conceber o universo.

A expressão Nada é (tecnicamente equivalente a Algo é) é totalmente explicada no ensaio Berashit.
O resto do capítulo segue osistema Sephirótico da Cabala e consiste numa espécie de comento quintessencial sobre tal sistema.
Aqueles que estão familiarizados com esse sistema reconhecerão Kether, Chokmah e Binah na Primeira Tríade; Daath, no Abismo; Chesed, Geburah e Tiphareth na Segunda Tríade; Netzach, Hod e Yesod na Terceira Tríade; e Malkuth na Décima Emanação.
O capítulo pode, então, ser considerado o maiscompleto tratado sobre a existência já escrito.

OBS.: (2) O Inteiro, absorvendo tudo, é chamado Escuridão.

1
ΚΕΦ“ΛΗ “
O SABBATH DO BODE

O! o coração de N.O.X., a Noite de Pan
Π“Ν: Dualidade: Energia: Morte.
Morte: Geração: os mantenedores de O!
Gerar é morrer; morrer é gerar.
Lança a Semente no Campo da Noite.
Vida e Morte são dois nomes de A.
Mata a ti mesmo.
Nada disto basta por si...
tracking img