Inclusão

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 46 (11459 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2012
Leer documento completo
Vista previa del texto
FACULDADE DE JANDAIA DO SUL
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

MARIA LÚCIA DOS SANTOS FERNANDES













BRINCADEIRAS LÚDICAS PARA SURDOS















JANDAIA DO SUL / 2009
MARIA LÚCIA DOS SANTOS FERNANDES













BRINCADEIRAS LÚDICAS PARA SURDOS

Monografia apresentada por Maria Lúcia dosSantos Fernandes, ao Programa de Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Especial, da Faculdade de Jandaia do Sul - FAFIJAN como um dos requisitos à obtenção do título de Especialista.


Orientador: Prof. Ms Josefa F. de Sena Freitas









JANDAIA DO SUL / 2009
MARIA LÚCIA DOS SANTOS FERNANDES










BRINCADEIRAS LÚDICAS PARA SURDOSBANCA EXAMINADORA

ROSANA FAVORETO
____________________________________

JOSÉ ANGELO CURRADI
____________________________________


Profª Ms: Josefa F. de Sena Freitas
Professora Orientadora - Fafijan






Data _______/______/_______
DEDICATÓRIA














A todas as pessoas que colaboraram para que essa monografia fosserealizada. Aos professores pela determinação, colaboração e companherismo.















AGRADECIMENTO
















A Deus, que me encaminhou para mais esta jornada e missão de vida onde encontrei muitos amigos e grandes mestres e principalmente o apoio de meus pais e familiares.













EPÍGRAFE"Educação é aquilo que revela ao sábio, e disfarça do tolo, sua falta de entendimento." (Ambrose Bierce)













FERNANDES, Maria Lúcia dos Santos. Brincadeiras Lúdicas Para Surdos. Monografia (Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Especial). FACULDADE DE JANDAIA DO SUL. Profª Orientadora Ms Josefa F. de Sena Freitas. Jandaiado Sul, 2009.

RESUMO

Essa monografia vai mostrar que a linguagem no brincar da criança surda é um tema que tem recebido pouca atenção e que merece um esforço investigativo maior, pois envolve uma forma de atividade peculiar à infância, de grande relevância para a formação do sujeito. O estudo do âmbito das ações imaginativas pode somar esforços no sentido de ampliar a compreensão dodesenvolvimento na surdez e contribuir para a discussão crítica das condições sociais oferecidas para esse desenvolvimento.
Para Piaget a atividade lúdica surge, inicialmente, sob forma de simples exercícios motores. Sua finalidade é o próprio prazer do funcionamento. No período entre dois e seis anos, a tendência lúdica se manifesta, sob forma de jogo simbólico, ou seja, jogo de imitação eimaginação. Nestes jogos, a criança tenta reproduzir as atitudes e as relações predominantes no seu meio ambiente; ela será autoritária ou liberal, carinhosa ou agressiva, conforme o tratamento que recebe dos adultos com os quais convive.

Palavras – chave: Criança Surda; Atenção; Investigação.












SUMÁRIO

INTRODUÇÃO..........................................................................................................08
1 BREVE HISTÓRICO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL ...............................................13
1. O percorrer da Educação Especial no Paraná ....................................................17
2. Surdez, linguagem, atividades lúdicas e o jogo como proposta ..........................19
3. A deficiência auditiva e a surdez.........................................................................23
4. Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS .................................................................24
2 O QUE É BRINCAR NA VISÃO DE PIAGET, VYGOTSKY E WALLON ..............31
CONCLUSÃO ...........................................................................................................35
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...
tracking img