Ingieñero agronomo

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 8 (1855 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 18 de noviembre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
6) Fundamentação teórica:

A Revolução Verde forneceu os subsídios para o modelo convencional de produção agrícola, com fundamento na melhoria do desempenho e índices de produtividade agrícola, por meio da substituição dos moldes de produção locais ou tradicionais, por um conjunto mais homogêneo de práticas tecnológicas. (Ehlers, 1996). Este pacote é composto por seis práticas básicas: ocultivo intensivo do solo, monocultura, irrigação, aplicação de fertilizante inorgânico, controle químico de pragas e manipulação genética de plantas cultivadas (Gliessman, 2005). A Revolução Verde tem enormes impactos nos países do terceiro mundo, principalmente quando se considera o incremento da produção e produtividade de importantes cereais (milho, trigo e arroz). Mas, este incremento veioacompanhado de problemas de equidade social e fracassos potenciais para alcançar a estabilidade e sustentabilidade da produção (Caporal & Costabeber, 2004). Assim, torna-se claro a “insustentabilidade” do modelo tanto pelo aspecto de exaustão dos recursos naturais assim como das repercussões negativas na saúde humana, desencadeando uma forte crise social (Goodman; REDICLIFT, 1989; BONANO, 1989).
Asestratégias de desenvolvimento utilizadas para a implementação do modelo agrícola convencional revelaram-se fundamentalmente limitadas em sua capacidade de promover um desenvolvimento equânime e sustentável (Altieri, 2004). A estabilidade da produção não ocorre devido à dependência de insumos externos, enquanto que ao analisar os componentes do agroecossitema, poucos estão conectados a matrizcultural local. O fato se revela mais grave entre os agricultores familiares, que têm na terra seu maior patrimônio (Theodoro et al., 2007).
O censo agropecuário 1995/1996 registra que a agricultura familiar é a principal fonte de postos de trabalho no meio rural brasileiro, sendo responsável pela ocupação de 76,9% do total de pessoal ocupado (Buainain, 2006). A agricultura familiar tem capacidade deabsorver grande quantidade de mão de obra, e responde por quatro em cinco empregos gerados no meio rural, portanto ela pode ser um eficiente meio de reduzir a migração do campo para a cidade (Castro, 2005). Em linhas gerais, os empreendimentos familiares têm duas características principais: são administrados pela própria família e neles trabalham diretamente, com ou sem o auxilio de terceiros.Portanto, destaca-se que a gestão é familiar e o trabalho predominantemente dos seus membros, embora com alguma contratação de serviços eventuais de mão de obra. O estabelecimento familiar é, ao mesmo tempo, uma unidade de produção e de consumo; uma unidade de produção e de reprodução social (Brasil, 2007).
A transição para uma agricultura sustentável é fundamental para o fortalecimento eexpansão da agricultura familiar. No Brasil e em outros países subdesenvolvidos, as propriedades patronais foram consideradas mais adequadas para a agricultura convencional. A agricultura familiar foi relegada para um segundo plano, principalmente quanto ao crédito agrícola. Porém, na transição para uma agricultura sustentável a agricultura familiar será mais vantajosa que a patronal, seja pelo tamanho,diversidade de cultivos, flexibilidade, capacidade gerencial, aspectos de mão de obra qualificada e a aptidão à conservação dos recursos naturais (Ehlers, 1999).
O fortalecimento da agricultura familiar no Brasil, em busca de caminhos alternativos para uma agricultura sustentável, salientando o foco nas dimensões econômicas, sociais e ambientais, tem levado a agricultura familiar aodesenvolvimento de atividades com base ecológica (Denardi, 2001). A agricultura sustentável é um processo que reconhece a natureza sistêmica da produção de alimentos, forragens e fibras, equilibrando as preocupações relacionadas à saúde ambiental, justiça social e viabilidade econômica entre os diferentes setores da população, incluindo distintos povos e diferentes gerações (Gliessman, 2001).
Altieri e...
tracking img