Introdução à integração de freud lacan e jung

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 25 (6154 palabras )
  • Descarga(s) : 32
  • Publicado : 16 de junio de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
CURSO GRATIS DE INTRDUÇÃO – WWW.anpc.com.br
INTRODUÇÃO À INTEGRAÇÃO DE FREUD LACAN E JUNG

1- INTRODUÇÃO

Há uma necessidade de abordar tecnicamente as três grandes correntes da psicanálise.
O mundo psicanalítico continua na sua divisão esquizofrênica de entender que o ser humano pode ser interpretado unilateralmente. O psicanalistas freudianos se auto -denominam os verdadeirospsicanalistas e entendem que Freud pode (e deve?) explicar tudo. Os analistas junguianos não ficam por menos e entendem que tudo ser ter a visão junguiana. Chegam o psicanalistas lacanianos e afirmam que a visão lacaniana é a melhor e mais moderna e pode interpretar tudo.
Parece que esquecem que o próprio Freud, por volta de 1935, já dizia que no futuro surgiriam novos métodos e que a psicanálise tinha umlongo caminho a percorrer.
Fromm chegou a criticar que a psicanálise foi engessada. Não permitiram continuar crescendo. Houve uma invasão de proprietários que se apossaram da psicanálise e como ditadores tomaram o poder e tudo ficou estagnado. O mesmo fenômeno aconteceu com a Analise Junguiana, a psicanálise lacaniana e todos os esforços psicanalíticos.
Muitos se levantaram para denunciar essefato, mas foram silenciados pelo sistema.
No ano 2.000 na França aconteceu o que seria o grande evento para a revolução na psicanálise. Estados Gerais da Psicanálise foi chamado o evento. Foi uma proposta revolucionaria no mesmo espírito que na revolução francesa foi lançado no século 18 para encontrar soluções diante de uma França mergulhada no caos. O criador desse evento tinha o mesmo pensamento.Foi sucesso? Foi. Foram apresentadas milhares de propostas e sugestões, estudos revolucionários. Do Brasil foi até uma proposta de PSICANALISE QUANTICA. O que houve com todo esse esforço? Nada. Os próprios criadores da psicanálise quântica silenciaram.
A ANPC assume esta postura. Não faremos uma re-leitura de Freud, de Lacan ou de Jung.
Será uma inovação. Diante dos desafios dos tempos de hoje.Uma psicanálise que integre as três linhas terapêuticas: Freud, Lacan, Jung. Não será uma quarta linha. Será apenas uma postura, no dizer de Ortega y Gasset: Possamos ver o ser humano na sua integridade. Não pode ser unilateral. Terá que ser multi – lateral.
Quais são os elementos que integram a PSICANALISE INTEGRADA
Devemos desenvolver a TOTALIDADE. Por quê? Exatamente o elemento da TOTALIDADEé que compõe e que o profissional consiga ter a visão da INDIFERENÇA, da SEXUALIDADE REPRIMIDA, mas consiga integrar e perceber que o ser humano precisa ter a ESTRUTURA DA ESPIRITUALIDADE.
Valorizar como um todo dentro das dimensões que desenvolve isso.
Não será a Integração das psicanálises. Será a visão palpável que o ser humano ainda não conseguiu sentir aqui. Nenhuma ciência está capacitadapara ser integrada e falar do vão dessa espiritualidade, do vão dessa racionalidade e fazer a conjunção das duas.
Elas são literalmente diferenciadoras. Ou só fala da racionalidade ou só fala da espiritualidade. Ou prioriza a racionalidade e o outro fica sujeita a ela ou só fala da espiritualidade tentando sujeitar a outra.
O que consiste na conclusão toda dessa integração é uma ciência, é umaterapia que fala exatamente do meio, da integração.
A gente percebe que as pessoas estão totalmente para cima ou totalmente para baixo. Embora o embaixo delas, o embaixo mesmo, mas quem está em cima, também é embaixo, porque não conseguem é chegar embaixo.

Porque diante disso tudo. Na totalidade entra a Medicina que cuida do físico.
Entra a psiquiatria que cuida da parte mental. Entra opadre, a religião, pastor, o espírita que divulgam e cuidam da espiritualidade. Entra a psicologia que tenta cuidar da água do emocional. Mas o erro maior e total não é tanto da espiritualidade, não é tanto da medicina, não é tanto da psicologia, não é tanto da psiquiatria.
É A COMPOSIÇAO E DA INTEGRAÇAO DESSES 4 QUE NÃO EXISTE.
O desafio maior do terapeuta é aprofundar-se nessa integração e...
tracking img