Pimenta - cozinha brasileira

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 12 (2805 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 5 de diciembre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
1. Introdução
Nome cientifico: Capsicum frutescens L.
A Capsicum frutescens L., parte da Família das Solanaceae, e da tribo das Solaneae, ou popularmente conhecida como Pimenta Malagueta desempenha papel fundamental na gastronomia tradicional brasileira.
A pimenta malagueta é amplamente cultivada em todo território nacional, com evidência nos estados de Minas Gerais, Bahia e Goiás.Podem ser encontrados frescas, em forma de conserva, molhos e até em sobremesas. Além da importância gastronômica, a pimenta malagueta ainda possui propriedades benéficas à saúde, atuando como cicatrizante de feridas, antioxidante, dissolução de coágulos sanguíneos, controlando o colesterol, evitando hemorragias, e aumentando a resistência física.
A pimenta-malagueta possui coloração verdeantes de estarem maduras, e depois tornam-se vermelhas e atingem entre 1,5 e 3 cm de comprimento e de 0,4 a 0,5 cm de largura.
A substância responsável pela picância é a capsaicina, que é medida pela escala de Scoville[1], que parte do pimentão (picância 0) e vai aumentando até chegar as mais picantes, com 300.000 unidades. O grau de picância da pimenta-malagueta é 9 pontos na escala detemperatura e entre 60mil e 100 mil unidades Scoville, um dos mais altos.
É importante notar a sua significativa participação em diversos pratos da culinária brasileira e o seu gosto peculiar contribui para a adesão de diversos adeptos em todo o mundo.

2. História
A América é o berço de algumas espécies de pimentas do tipo Capsicum. No vasto mundo das pimentas com cerca de seiscentas asetecentas espécies espalhadas pelo planeta, as capsicum compõem uma família numerosa ramificada especialmente entre bacia Amazônica e América Central (México, Venezuela, Peru e Brasil), ou melhor, América tropical. Existem mais de 150 espécies de pimentas do gênero Capsicum. As Capsicum pertencem à família das Solanáceas, da qual também fazem parte o tomate e a berinjela.
Seu nome científicoorigina-se da palavra grega kapto, que significa “picar”, “morder” ou “engolir de forma compulsiva”, ou do latim capsa, que expressa “recipiente”.
Por ser muito parecida com a pimenta-do-reino, no sentido do gosto picante, a primeira Capsicum recebeu seu nome dos exploradores espanhóis e portugueses que a descobriram com os nativos da América Central e do Sul. E foram esses mesmos exploradoresque fizeram a pimenta da espécie Capsicum se popularizar pelo mundo, graças a obsessão de contornar o continente africano para chegar às pimentas-do-reino da Índia, fez de D. Manuel I (Rei de Portugal), o Venturoso ser chamado de o rei da pimenta.
As pimentas já eram consumidas há muito tempo pelos índios, em forma de frutos verdes e maduros misturados à farinha. Elas encantavam tanto oseuropeus que chegavam as Américas, que Cristovam Colombo foi quem começou a divulgação e a intercambiar as pimentas Americanas, permitindo que as espécies picantes e doces de pimentas e pimentões viajassem o mundo. Foram levadas das Antilhas à Espanha a partir da sua segunda viagem ao continente americano e também, foi o responsável pela confusão de nomenclatura, pois em muitos lugares é usadoindistintamente tanto para designar a pimente-do-reino quanto as pimentas do gênero Capsicum.
Cabral também se depararia, na costa brasileira, com um verdadeiro mundo de capsicum multicoloridas e as transportavam para à mesa da nobreza lusa. E entre as muitas riquezas brasileiras levadas pelos portugueses para sua terra natal, incluíam-se as pimentas do tipo hortícola e assim, rapidamente elasforam ficando populares. Por volta de 1500, as pimentas começaram a chegar na região mediterrânea, na Europa Central, África, Índia e por toda a Ásia, estabelecendo-se soberanas nas cozinhas até os dias atuais.
E no fim do século XVI, as pimentas e pimentões estavam incorporados a culinária do Velho Mundo, juntamente com outros alimentos de origem americana como o milho, os feijões e o cacau....
tracking img