Teatro negro brasileiro

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 22 (5468 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 24 de agosto de 2012
Leer documento completo
Vista previa del texto
Turva Cor - a estética negra no teatro brasileiro com reflexões no espaço escolar.
Deiselene de Oliveira Barros
Luciana Hartmann

“A noite todos os gatos são pardos, mas não para os outros gatos”.
(Gates, Figures in Black)
)
Introdução

Esta escrita irá apresentar uma reflexão sobre o teatro negro no Brasil e como esse tema pode ser inserido nas aulas de artes para uma maior efetividadeda Lei 10.639/2003, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro - brasileira e africana nas escolas públicas e particulares do Brasil. O ponto de partida será situar o contexto histórico em que a população negra foi inserida no país e como teve que se adequar e buscar meios de sobrevivência. Num segundo momento abordarei a contribuição da população negra no teatro, grupos que foramrelevantes e finalmente procurarei refletir sobre a efetivação da Lei 10.639 de 2003 através da descrição de uma oficina por mim ministrada no Centro Educacional 06 da Ceilândia/DF, que teve como conclusão a leitura dramática da peça Anjo Negro, de Nelson Rodrigues.
É imprescindível, para iniciar, falar da trajetória da população negra no Brasil, pois a ausência das pessoas negras nos palcosdecorre de uma história de exclusão e discriminação. No Brasil, a importação de um modelo eurocêntrico de teatro, até mesmo de um padrão de beleza adotado, fez com que as pessoas negras fossem excluídas dos palcos ou reduzidas a papeis estereotipados.
É de extrema importância também fazer uma reflexão sobre os conceitos adotados nesta escrita relativos à estética negra, teatro negro e performance,para podermos adentrar no ponto mais importante que é a estética negra no teatro brasileiro e seus respectivos reflexos no espaço escolar.
Tanto no Brasil Império quanto na República Velha, dada a frequente adoção de modelos teatrais e de padrões de beleza eurocêntricos, sentiu-se a necessidade de se propor realmente brasileiro, onde a presença negra fosse de fato marcante, um espetáculo nacional,teatro do Brasil, teatro brasileiro. Ao longo de várias décadas do século XIX surgiram autores que procuraram trazer a brasilidade à tona. Mas essa representação muitas vezes era exagerada, com personagens muito caricatos e estereotipados. A população negra foi retratada dessa forma por autores como Martins Pena (1815-1848) e Artur de Azevedo (1855-1908). Já no século XX deu-se sequência a esseprocesso, no qual várias companhias passaram a representar as personagens negras dessa forma. Uma delas foi a Companhia Negra de Revista, da qual trataremos mais adiante com mais detalhes sobre a curta trajetória e o impacto que teve na sociedade brasileira.
Essas primeiras reflexões serão importante para compreender melhor a Lei 10.639/2003, qual é a real necessidade desta e como está sendoaplicada atualmente em uma escola da Ceilândia, Centro de Ensino 06, onde foi realizada a pesquisa de campo. Nesta, procurando compreender na prática como poderia se dar a aplicabilidade da lei nas aulas de artes-teatro, propus a realização de uma oficina que culminaria numa leitura dramática do texto teatral Anjo Negro, de Nelson Rodrigues. A pesquisa foi qualitativa e quantitativa e foi realizada noperíodo de fevereiro a março de 2011, com uma turma de 3° ano do ensino médio.
A partir desses dados, conhecimentos adquiridos, análises e leituras, gostaria de pretendo sugerir atividades que possam ser feitas nas aulas de artes para garantir a diversidade e a aplicabilidade da lei 10.630 nas escolas e principalmente nas aulas de artes-teatro.

Negro Drama
“Um brinde pra mim,
Sou exemplo, devitórias,
Trajetos e Glorias”
(Negro Drama- Racionais Mc’s)

A população negra brasileira no período colonial brasileiro era formada por donos, senhores de engenho e servos, escravos. Os escravos eram trazidos do continente africano e já possuíam uma cultura especifica, mas, com o processo de escravização, foram submetidos a cultura existente para adotarem outra, a cultura brasileira. Mas...
tracking img