Estratégias competitivas no mercado farmacêutico brasileiro: uma abordagem sobre o setor magistral.

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 15 (3740 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 19 de junio de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
XIII SIMPEP – Bauru, SP, Brasil, 6 a 8 de Novembro de 2006.

Estratégias Competitivas no Mercado Farmacêutico Brasileiro: Uma Abordagem sobre o Setor Magistral.
Ronaldo Ferreira da Silva (UFF) – ronaldorubano@ig.com.br Armando P. do Nascimento Filho (UFF) – gqiarma@vm.uff.br Débora Certório Mendonça (UFF) – dcertorio@yahoo.com.br

Resumo: O mercado farmacêutico brasileiro é um dos maiores domundo e há muito dominado pelas grandes indústrias transnacionais. Entretanto, nos últimos anos houve importantes modificações, como a introdução dos medicamentos genéricos e o crescimento do setor magistral, que fizeram com que o mesmo se tornasse mais competitivo. Isso impõe a cada um dos concorrentes estabelecer uma estratégia clara e definida para manter e/ou aumentar sua participação nomercado. Este estudo busca refletir sobre as teorias estratégicas e analisar cada um dos competidores do setor, em especial o magistral, a fim de contribuir com as discussões acerca da participação deste segmento no mercado farmacêutico, visto que existe uma enorme disparidade de forças existente entre os diversos concorrentes desta indústria. Palavras-chave: Estratégia; Competitividade; Farmacêutico;Magistral.

Abstract: The brazilian pharmaceutical market is one of the greatest in the world and with the supremacy of the international corporations, however, in the last years some changes have been occuring like the growth of the market share of the generic medicine and the pharmaceutical compounding . It improved more competitivity to this market. In this business environment, the playersmust settle a clear and effective strategy to win competitive advantages. This study analizes the strategic theories and the strategic management of this players, specifically the pharmaceutical compounding. Keywords: Strategy; Competitivity; Pharmaceutical; Compounding.

1. Introdução A economia mundial atravessa um período de grande crescimento, inúmeras transformações e conseqüentemente deincertezas. A competição entre as organizações é cada vez mais essencial e complexo. O setor farmacêutico constitui um segmento que cresce com uma perspectiva de 8,1% ao ano (Rossi, 2001) e se caracteriza como um mercado monopolizado e/ou oligopolizado cujas empresas líderes estão sediadas nos Estados Unidos e Europa com subsidiárias presentes em inúmeros países. (Gadelha, 2003). No Brasil, asindústrias transnacionais dominam o mercado há muitos anos, porém, nos últimos 20 anos houve mudanças importantes. Com a implementação da lei de Patentes (Brasil,

1

XIII SIMPEP – Bauru, SP, Brasil, 6 a 8 de Novembro de 2006.

1997) e dos Genéricos (Brasil, 1999), o mercado brasileiro começa a tomar um formato diferente: ao lado dos conglomerados transnacionais desponta uma indústria nacionalforte e competitiva. (Hasenclever, 2004). Buscando um espaço neste mercado outra força se apresenta com características completamente distintas: o setor magistral. Composto por milhares de pequenas empresas produz uma parcela significativa dos medicamentos consumidos no Brasil (Anfarmag, 2005). Analisar como cada competidor avalia a melhor estratégia para disputar este mercado e que oportunidades eameaças se apresentam, se constitui num desafio para as farmácias magistrais brasileiras em função da enorme disparidade de forças existente entre os diversos concorrentes desta indústria. O presente estudo busca discutir as estratégias competitivas dos setores que compõem este mercado, especialmente o magistral, à luz dos principais teóricos desta área do conhecimento.

2. Fundamentação Teórica2.1. Estratégia – Fundamentos O conceito de estratégia é apresentado de modo diferente por diversos autores em função do foco por uma determinada dimensão como missão da organização, objetivos de longo prazo, valores, ambiente de negócios Hax e Majluf (1988) propuseram um conceito unificado que sintetiza todas estas correntes: “Estratégia pode ser um conceito multidimensional que abrange todas...
tracking img