Texto

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 7 (1624 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 13 de septiembre de 2012
Leer documento completo
Vista previa del texto
Literatura Portuguesa II
Cesário Verde (1855-1886)

O Sentimento dum Ocidental
(Porto, Portugal, homenagem ao tricentenário da morte de Camões, publicação extraordinária do “Jornal de Viagens”, 10 de Junho de 1880)

A Guerra Junqueiro
Andreia, Karina, Haíza, Joyce e Ana Carolina
I
AVE MARIAS
Nas nossas ruas, ao anoitecer,
Há tal soturnidade, há tal melancolia,
Que as sombras, obulício, o Tejo, a maresia
Despertam-me um desejo absurdo de sofrer.
O céu parece baixo e de neblina,
O gás extravasado enjoa-me, perturba;
E os edifícios, com as chaminés, e a turba
Toldam-se duma cor monótona e londrina.
Batem os carros de aluguer, ao fundo,
Levando à via férrea os que se vão. Felizes!
Ocorrem-me em revista, exposições, países:
Madrid, Paris, Berlim, S. Petersburgo, o mundo!Semelham-se a gaiolas, com viveiros,
As edificações somente emadeiradas:
Como morcegos, ao cair das badaladas,
Saltam de viga em viga os mestres carpinteiros.
Voltam os calafates, aos magotes,
De jaquetão ao ombro, enfarruscados, secos;
Embrenho-me, a cismar, por boqueirões, por becos,
Ou erro pelos cais a que se atracam botes.
E evoco, então, as crónicas navais:
Mouros, baixéis, heróis,tudo ressuscitado!
Luta Camões no Sul, salvando um livro a nado!
Singram soberbas naus que eu não verei jamais!
E o fim da tarde inspira-me; e incomoda!
De um couraçado inglês vogam os escaleres;
E em terra num tinir de louças e talheres
Flamejam, ao jantar, alguns hotéis da moda.
Num trem de praça arengam dois dentistas;
Um trôpego arlequim braceja numas andas;
Os querubins do larflutuam nas varandas;
Às portas, em cabelo, enfadam-se os lojistas!
Vazam-se os arsenais e as oficinas;
Reluz, viscoso, o rio, apressam-se as obreiras;
E num cardume negro, hercúleas, galhofeiras,
Correndo com firmeza, assomam as varinas.
Vêm sacudindo as ancas opulentas!
Seus troncos varonis recordam-me pilastras;
E algumas, à cabeça, embalam nas canastras
Os filhos que depois naufragam nastormentas.
Descalças! Nas descargas de carvão,
Desde manhã à noite, a bordo das fragatas;
E apinham-se num bairro aonde miam gatas,
E o peixe podre gera os focos de infecção!
________________________
Notas:
gás extravasado - refere-se ao gás dos candeeiros. Na época de Cesário Verde, a iluminação da cidade era feita com candeeiros a gás.
turba - multidão
calafates - homens que trabalhavamna calafetagem dos barcos, o que se fazia com alcatrão, daí o eles se apresentarem enfarruscados. Esta técnica continua ainda a ser utilizada artesanalmente na calafetagem, por exemplo, dos barcos moliceiros, na região de Aveiro.
boqueirão - grande boca; rua ou travessa que vai dar ao cais de um rio ou canal.
escaler - pequeno barco para serviço de navio ou de repartição marítima. Os escaleresfaziam a ligação entre o navio e a margem, uma vez que os grandes barcos nem sempre ficam atracados ao cais, mas ao largo.
flamejar - (de flama 'chama') - lançar chamar; brilhar, resplandecer.
arengam - dão à língua; falam, conversam
trôpego arlequim - Nesta época já havia publicidade. Um arlequim é uma personagem da antiga comédia italiana, com trajes de várias cores, que a tornavam vistosa eatraíam o olhar. Esta figura andava trôpega, isto é, balançando de um lado para o outro, porque andava sobre umas andas, para chamar mais atenção das pessoas que circulavam na rua.
querubins do lar - Esta expressão faz-nos imaginar mais do que uma situação possível. Querubim é uma palavra que significa 'anjo da primeira jerarquia'. Geralmente, as donas de casa são designadas em linguagem familiare carinhosa como «fadas do lar». Tratar-se-á, neste caso, das donas de casa, que se vislumbram, lá em cima, nas varandas? Todavia, o verbo flutuar faz-nos pensar noutra hipótese, talvez mais sugestiva do que a anterior e, talvez, mais plausível. Nas varandas, por falta de outro lugar, costumam pendurar-se as roupas a secar. Tratar-se-á, neste caso, de roupas femininas, penduradas e a adejar ao...
tracking img