El libro didatico

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 17 (4094 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 5 de diciembre de 2010
Leer documento completo
Vista previa del texto
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA
ENSINO A DISTÂNCIA

Sobre as múltiplas formas de ler e ver literatura

Alunas: Elisandra Azevedo Croda
Letícia Schreiner
Curso: Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira
Nível do Curso: Especialização
Pólo de Apoio Presencial: Palmeira das Missões – RS
Tutora do Pólo: Professora Lúcia

Maio de 2009.
1 - INTRODUÇÃOEm atenção à solicitação dos professores do Curso de Especialização de Metodologia em Língua Portuguesa e Estrangeira, da Unidade de Estudos Literários e Culturais na sala de aula de Língua Portuguesa e Estrangeira e Produção de Textos em Língua Materna e Língua Estrangeira realizou-se o presente trabalho, o qual se constitui em um dos instrumentos de avaliação. A Unidade Temática propiciou oembasamento teórico sobre as questões essenciais para a reflexão teórica e crítica sobre literatura e cultura e a aplicação na sala de aula e tem por objetivo oportunizar um olhar mais atento e crítico sobre o estudo da literatura.
A criança lê do seu jeito muito antes da alfabetização, folheando e olhando figuras, ainda que não decodifique palavras e frases escritas. Ela aprendeobservando o gesto de leitura dos outros - professores, pais ou outras crianças. O processo de aprendizado começa com a percepção da existência de coisas que servem para ser lidas e de sinais gráficos.
Quanto mais cedo histórias orais e escritas entrarem na vida das crianças, maiores as chances de ela gostar de ler. Primeiro elas escutam histórias lidas pelos adultos, depois conhecem o livrocomo um objeto tátil que ela toca, vê, e tenta compreender as imagens que enxerga.
A prática da leitura se faz presente em nossas vidas desde o momento em que começamos a "perceber" e "compreender" o mundo. Muito mais do que a simples decodificação de símbolos, ler significa interpretar o que se lê, tornando-se um processo interativo. E como estimular a leitura entre as crianças e jovensdiante de uma era de mídias eletrônicas.
Vivemos em uma sociedade tecnologizada. No cotidiano do homem do campo ou do homem urbano, ocorrem situações em que a tecnologia se faz presente e necessária. Assumimos, então, educação e tecnologia como ferramentas que podem proporcionar ao sujeito a construção de conhecimento, preparando-o para saber criar artefatos tecnológicos, operacionaliza-los edesenvolvê-los. Ou seja, estamos em um mundo em que as tecnologias interferem no cotidiano, sendo relevante, assim, que a educação também envolva a democratização do acesso ao conhecimento, produção e interpretação das tecnologias.
Reconhecemos que mídia, comunicação e educação são temas por demais complexos e abrangentes para serem discutidos de maneira superficial. Na verdade,pretendemos apenas tocar em alguns aspectos que consideramos fundamentais para avaliar a questão educacional, esperando que isso desperte uma consciência crítica e questionadora por parte dos educadores em relação ao trabalho com literatura.
Como objeto deste estudo serão analisados a canção: Palavras repetidas, de Gabriel O Pensador e o texto literário do Escritor Italiano Ítalo Calvino: Comamminhas roupinhas.

2 - Sobre as múltiplas formas de ler e ver literatura
É mais que necessário que se discuta hoje a interferência da cultura de massa no processo educacional. Precisamos entender um pouco o que significa viver num mundo após a mecanização da expressão, após a galáxia de Gutenberg. A escrita impressa nos colocou diante de uma revolução das idéias de maneira tão crescente quesomos agora muito mais do que leitores de livros. Estamos antenados com o mundo através de várias formas de expressão.
Temos quatro séculos de cultura do livro e esse fato, às vezes, nos impede de abrir nossos sentidos para outras expressões e meios de comunicação.
Considerando as dificuldades que os alunos apresentam com relação à leitura das obras literárias, elas advêm do...
tracking img