Sindrome de down

Solo disponible en BuenasTareas
  • Páginas : 10 (2467 palabras )
  • Descarga(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2011
Leer documento completo
Vista previa del texto
RESUMO

Por muito tempo a sociedade excluiu a parcela da população que nascia com alguma deficiência, pois em nome da estética das formas, os homens se sentiam no direito de eliminar seu semelhante. Como passar do tempo, a concepção de que o portador de deficiência não pode usufruir o convívio com os ditos normais, foi ficando distante e, hoje, o simples ato de um ser humano nascer com vida,significa assegurar-lhe o direito ao início da sua personalidade, pondo ainda a lei a salvo, seus direitos desde a concepção.
Dentre os temas que desafiam a Ciência, está a Síndrome de Down, que acontece em cada 600 nascimentos. No Brasil, somente a partir de 1985 é que um grupo de pais de Campinas, município de São Paulo, que têm filhos portadores da Síndrome de Down, decidiram criar uma escolaespecial chamada Centro de Desenvolvimento Integral - CDI. A escola iniciou com apenas três crianças e, atualmente, abriga mais de 60, de zero a dezoito anos.
Muito se tem feito para melhorar ao máximo possível a vida da criança portadora da Síndrome de Down. Uma verdadeira cruzada vem se estabelecendo progressivamente para que esses seres tenham uma vida normal dentro de suas potencialidades. Aescolha desse tema me possibilitou desmistificar muitos pontos obscuros. O portador da Síndrome de Down é um ser de extraordinária beleza, que descobri durante a realização das etapas do trabalho.
O que é síndrome de Down?

É uma condição genética na qual existe um material cromossômico excedente ligado ao par de número 21 e por isso também é chamada de trissomia do 21. As pessoas com a síndromeDown (pronúncia dawn) apresentam, em conseqüência, retardo mental (de leve a moderado) e alguns problemas clínicos associados.

Características da síndrome de Down

As crianças com síndrome de Down possuem algumas características físicas específicas, que podem ser observadas pelo médico para fazer o diagnóstico clínico. Nem sempre a criança com síndrome de Down apresenta todas ascaracterísticas. Algumas podem ter poucas, enquanto outras podem mostrar a maioria das características da síndrome:
• Inclinação das fendas palpebrais;
• Pequenas dobras de pele no canto interno dos olhos;
• Língua aumentada e proeminente;
• Achatamento da parte de trás da cabeça;
• Ponte nasal achatada;
• Orelhas menores;
• Boca pequena;
• Tônus muscular diminuído;• Ligamentos soltos;
• Mãos e pés pequenos;
• Pele na nuca em excesso;
• Palma da mão com uma linha cruzada (linha simiesca);
• Distancia entre primeiro e segundo dedo do pé aumentada.
Freqüentemente estas crianças apresentam mal-formações em órgãos desde seu nascimento:
• As principais são as do coração, atingindo 30% dos portadores de síndrome de Dow;
• Mal-formaçõesdo trato gastrointestinal, como estenose ou atresia do duodeno, imperfuração anal, e doença de Hirschsprung;
• Perda auditiva condutiva;
• Problemas de visão;
• Alguns tipos de leucemia têm maior incidência crianças com síndrome de Down;
• Pessoas com síndrome de Down desenvolvem as características neuropatológicas da doença de Alzheimer em uma idade muito mais precoce.Causas síndrome de Down

A síndrome de Down é causada por um acidente genético que ocorre em média em 1 a cada 800 nascimentos.
Diferentemente dos 46 cromossomos que constituem o material genético de cada célula do corpo humano, a criança com síndrome de down possui 47 cromossomos, devido ao material cromossômico excedente ligado ao cromossomo 21. Por isto também é chamada trissomia do 21.Aumento da idade materna. A incidência de síndrome de Down entre os recém nascidos de mães de até 27 anos é de 1/1.200. Com mães de 30-35 anos é de 1/365. Depois dos 35 anos a freqüência aumenta mais rapidamente: entre 39-40 anos é de 1/100 e depois dos 40 anos torna-se ainda maior.
Não foram identificados fatores durante a gravidez que possam causar a síndrome, visto que, a formação cromossômica...
tracking img